Geral

Dólar sobe para R$ 5,32 em meio a tensões sobre coronavírus

Temor sobre segunda onda da doença afeta mercados em todo o mundo.

Divulgação

Em meio a temores sobre uma segunda onda de casos de covid-19, doença provocada pelo novo coronavírus, o mercado financeiro teve um dia de tensão e de perdas em todo o planeta. No Brasil, o dólar interrompeu uma sequência de três quedas e voltou a ultrapassar a barreira de R$ 5,30. A bolsa caiu para o menor nível em oito dias.

O dólar comercial encerrou esta quarta-feira (24) vendido a R$ 5,325, com alta de R$ 0,172 (+3,33%). Esta foi a maior alta diária desde 18 de março, quando a divisa tinha subido 3,94%. A moeda operou em alta durante toda a sessão, até fechar próxima da máxima do dia. A divisa acumula valorização de 32,69% em 2020.

O euro comercial fechou o dia vendido a R$ 6,008, com alta de 3,07%, acima de R$ 6 pela primeira vez desde a última quinta-feira (18). A libra comercial valorizou-se 2,76% e foi vendida a R$ 6,63.

Bolsa

O dia também foi marcado por turbulências no mercado de ações. O índice Ibovespa, da B3 (a bolsa de valores brasileira) fechou o dia com queda de 1,66%, aos 94.377 pontos. O indicador caiu para o menor nível desde o último dia 16, quando tinha encerrado aos 93.531 pontos.

O Ibovespa refletiu o mercado internacional. O índice Dow Jones, da Bolsa de Valores de Nova York, teve forte queda de 2,72% após a divulgação de que os novos casos diários de covid-19 nos Estados Unidos voltaram aos níveis de abril. A doença está se deslocando do nordeste do país para o sul e o oeste.

FMI

A divulgação pelo Fundo Monetário Internacional (FMI) de que a recessão provocada pela pandemia de coronavírus será mais forte que o previsto também afetou o mercado. Hoje, o organismo internacional revisou de 3% para 4,9% a projeção de encolhimento da economia global em 2020.

Para o Brasil, a previsão de contração do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano passou de 4,3% para 9,1%. As projeções para 2021, no entanto, apresentaram melhora, com a estimativa de crescimento subindo de 2,9% para 3,6%.

Com informações do site Agência Brasil

Notícias Relacionadas

Prefeito de Nova Veneza assina decreto de formação da Comissão de Acompanhamento, Controle, Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus

Nova Veneza não tem casos confirmados da doença, apenas pessoas em isolamento domiciliar que já foram acompanhados, mas devem permanecer em quarentena pois chegaram de viagem.

Coronavírus em SC: Governador planeja retomada gradativa da atividade econômica e projeta 713 novos leitos de UTI

O objetivo é adequar as medidas de isolamento à necessidade dos catarinenses com segurança.

Santa Catarina registra dois novos casos de coronavírus e divulga plano de contingência para enfrentar a doença

Comodidade e economia: empresa de Orleans oferece serviço “delivery” no comércio de baterias

Há 46 anos, VR Baterias atende toda linha automotiva, agrícola e de transporte de cargas com economia de até 30% na compra de baterias Helux, marca própria.