Reflexão

Dom Onécimo Alberton passará por novas cirurgias na próxima semana

Em entrevista exclusiva ao Portal Sul In Foco, o bispo natural de Orleans se mostrou confiante na recuperação e pediu orações aos fiéis.

Foto: Divulgação/Facebook

“A cruz que a gente recebe, devemos abraçá-la com amor e, confiante de que Deus não nos abandona. Eu posso dizer que Deus não tem me deixado só em nenhum momento”, lembra o bispo de Rio do Sul, natural de Orleans, Dom Onécimo Alberton. O relato aconteceu durante entrevista exclusiva ao Portal Sul In Foco nesta quinta-feira (09), um mês e seis dias após a internação do líder religioso no Hospital Santa Catarina, em Joinville.

Dom Onécimo se recupera de uma grave infecção causada por uma bactéria, após um cirurgia de intestino. Na próxima semana, o líder religioso continua o tratamento com a realização de cirurgias plásticas.

Gratidão a Deus e às orações recebidas

Foto: Divulgação/Facebook

Calmo, conversando normalmente e na presença de visitas em um dos quartos de observação do hospital, Dom Onécimo fez questão de agradecer no início da entrevista. “Minha gratidão a todas as pessoas que se uniram em oração, pedindo a Deus pela minha saúde. Eu rogo a Deus as bênçãos e que sempre ilumine e fortaleça a cada um e a cada uma pelo grande gesto de gratidão nesse momento de recuperação”, relata Dom Onécimo. “Agora, embora sendo lento o processo de recuperação, a gente percebe que a mão de Deus agiu e está agindo na minha pessoa através das preces e orações de tantos irmãos e irmãs que se uniram pedindo a Deus, a graça e o dom da saúde”, complementa.

O estado de saúde

Dom Onécimo Alberton detalhou como foi o processo de recuperação nestes dias em que esteve internado no hospital e destacou a situação atual. “Devido a uma cirurgia de entorse intestinal é que depois veio se agravar com uma bactéria terrível. Praticamente necrosou parte de órgãos vitais. Foi realizada uma cirurgia de alto risco e desde lá, depois de duas semanas de UTI, o organismo vem respondendo positivamente a todos os tratamentos de forma surpreendente”, conta o bispo.

As próximas cirurgias

Na próxima semana, Dom Onécimo Alberton inicia uma nova fase do tratamento e recuperação dos danos causados pela bactéria em seu corpo. Apesar de lento, o processo visa a recuperação completa das áreas afetadas em seu corpo. “A partir da próxima semana, passarei por cirurgias plásticas de reconstituição de tecido e isso demandará um tempo de recuperação. São cirurgias grandes a serem realizadas, mas estou muito confiante, até mesmo pela resposta que o organismo vem dando a todo instante”, conta Alberton.

A fé que cura e as orações que fortalecem

“Esse entusiasmo enche o coração da gente de esperança e percebemos o quanto Deus – na sua misericórdia e no seu amor de pai – ouve, escuta as preces dos seus filhos e filhas, sobretudo quando estes, na sua fé, intercedem com orações puras e sinceras. Peço as bênçãos de Deus a todos”, enaltece o bispo.

A cruz e Deus

Dom Onécimo lembra, ao direcionar as palavras à reportagem, da importância da paciência que as pessoas precisam ter em momentos difíceis, em especial no caso da recuperação da saúde. “De fato esta é uma situação um tanto inesperada para vida da gente, mas que temos que enfrentar com muita paciência e gratidão a Deus. A cruz que a gente recebe, devemos abraçá-la com amor e confiante de que Deus não nos abandona. Posso dizer que Deus não tem me deixado só, em nenhum momento”, afirma.

O retorno às celebrações e benção

Foto: Divulgação/Facebook

Emocionado e confiante, Dom Onécimo afirmou que, em breve, retornará junto aos fiéis na sua missão, mantendo seu lema de projeto de vida: ‘Estou no meio de vós como aquele que serve’. “Vai demorar um tempinho, pois os médicos não estimam um tempo de recuperação, apenas pedem para eu ter paciência. Mas então, logo continuaremos unidos em oração. Deus saberá e providenciará o momento certo para que a gente possa se encontrar, junto à eucaristia na oração com este Deus que tanto amamos”, destaca.

Ao fim da entrevista e na presença de outras visitas no quarto onde se recupera, Dom Onécimo deixou sua benção e lembrou da importância de Deus na vida da humanidade. “Deus não deixa a gente sozinho. Ele sempre está ao nosso lado. Por isso, estejamos sempre com Jesus. Não o abandonemos na hora da nossa dor. Pelo contrário, estejamos sempre unidos com ele porque ele é nossa força, nossa vida, nossa proteção, o nosso consolo, tudo o que de bom e que o nosso coração pode buscar e encontrar. Que Deus abençõe a todos e, peço humildemente que continuem orando”, finaliza.

Biografia

Foto: Divulgação/Facebook

Onécimo é formado em filosofia e teologia. Ele foi ordenado sacerdote no ano de 1992, em Orleans, sua cidade natal. De lá foi para a Diocese de Tubarão. De 1993 a 2001 foi pároco em Cocal do Sul, na Diocese de Criciúma. No ano seguinte, até 2011 assumiu o posto de reitor do Seminário Teológico Bom Pastor, em Florianópolis.

Em 2014, o Papa Francisco nomeou Dom Onécimo como bispo e assumiu o posto a partir de março de 2015, onde passou a ser responsável por 31 paróquias e 487 comunidades compostas por 32 municípios da região do Vale do Itajaí.

Notícias Relacionadas

Ex-secretário de Administração de Orleans e empresa tem bens bloqueados

Segundo o Ministério Público, Eduardo Bertoncini era responsável pela pasta na gestão do ex-prefeito Marco Antônio Bertoncini Cascaes

Apoio ao candidato Vitorassi para eleição da Coorsel se intensifica durante reuniões com associados

Na noite de hoje (16), às 19h30min, os associados da comunidade de São Gabriel são convidados a participarem do encontro com os candidatos, em Treze de Maio.

Câmera registra momento em que jovem colide moto contra árvore em Orleans; VEJA VÍDEO

Adolescente de 17 anos continua internado em estado grave.

Comodidade e economia: empresa de Orleans oferece serviço “delivery” no comércio de baterias

Há 46 anos, VR Baterias atende toda linha automotiva, agrícola e de transporte de cargas com economia de até 30% na compra de baterias Helux, marca própria.