Segurança

Dupla é presa suspeita de assassinar homem em frente à restaurante onde policiais jantavam em SC

Vítima de 31 anos foi morta a facadas em Itajaí. Polícia Civil investiga o caso.

Foto: PRF/ Divulgação

Uma dupla foi presa em flagrante suspeita de matar um homem de 31 anos a facadas, em Itajaí, na noite de quinta-feira (16). O crime aconteceu no pátio de um restaurante onde policiais rodoviários federais jantavam. Eles foram avisados da ocorrência por testemunhas.

Segundo a Polícia Civil, que investiga o caso, os suspeitos são dois homens, de 65 e de 38 anos. O mais novo alegou ter participado da briga para defender o idoso, mas disse que quem desferiu a facada foi o homem mais velho, que é amigo dele. O idoso, no entanto, ficou em silêncio durante o interrogatório.

De acordo com o delegado Ricardo Saroldi Chaves, que fez o flagrante, a discussão teria começado na entrada do banheiro, após um comentário da vítima. Os homens, contudo, estavam bêbados e não souberam dar detalhes da discussão.

O estabelecimento fica às margens do km 117 da BR-101, anexo à um posto de combustível. A vítima foi socorrida pela equipe médica da Arteris Litoral Sul, concessionária que administra o trecho, mas não reagiu às reanimações.

Com informações do G1

Notícias Relacionadas

Marido morre em acidente de carro três dias após suspeita de matar mulher a tiros em SC

Colisão contra caminhão ocorreu nesta segunda na BR-116. Mulher foi encontrada morta na sexta, atingida por três disparos na cabeça.

Taos Gastrobar inova ao unir extensa variedade gastronômica e de bebidas em Orleans e já é referência na região

Do happy hour ao lanche rápido e às celebrações especiais, as mais de 100 opções de pratos e as opções de bebidas e drinks para todos os gostos prometem surpreender os clientes.

Restaurantes, hotéis, bares e similares do Sul de SC fecham acordo coletivo

O salário da categoria teve o reajuste de 5,56%, alcançando o salário mínimo fixado no estado.

Dono de restaurante é preso por comprar merenda que foi desviada em Criciúma

O homem é suspeito de receptação qualificada, informou a polícia civil.