Geral

Edital Cultura: Espetáculo Circolando incentiva a imaginação e o pensamento crítico dos alunos

Estudantes da Escola Filho do Mineiro tiveram uma tarde de fantasia, imaginação e também de muito conhecimento sobre o cuidado com a natureza

Divulgação

O brilho no olhar. O encantamento pela fantasia. A empolgação pelas acrobacias executadas em tecidos e lira. Os alunos da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Filho do Mineiro deixaram a imaginação fluir a partir do lúdico, da musicalidade, da contação de histórias e da apresentação circense. O Espetáculo Circolando despertou o imaginário dos estudantes com duas apresentações de contos do livro “Viagem pelo Brasil em 52 histórias”, de Silvana Salerno, na tarde da última quarta-feira (16). A iniciativa é uma das contempladas pelo Edital Cultura Criciúma.

Os aproximadamente 300 estudantes da unidade escolar tiveram uma tarde mágica e lúdica sobre o cuidado que a humanidade deve ter com a natureza, por meio do contos do João de Barro e a Gralha-Azul. Unindo três manifestações artísticas, como o universo circense, a contação de histórias e a musicalidade, os pequenos espectadores puderem aprender, desenvolver um pensamento crítico com os temas abordados e ter um despertar para a criatividade e a imaginação. “É a primeira vez que realizamos este espetáculo em conjunto e foi emocionante ver a interação que os alunos tiveram conosco durante as apresentações, ver suas expressões e reações. Superou as nossas expectativas, sentimos que eles estavam com vontade de participar da apresentação”, frisou a artista e proponente do projeto, Ana Maria Manaus Teixeira.

A apresentação reuniu uma atriz e contadora de histórias, duas artistas de aéreos circenses e um músico e instrumentista. A encenação e a musicalidade foram autorais do grupo. Eles afirmam que a ideia vai além dessa primeira apresentação. “A nossa intenção é levar o Espetáculo Circolando para outros editais e também oferecer apresentações para espaços e unidades escolares”, afirmou a artista circense, Kalyne Teresa Machado.

Mas além disso, outro intuito do grupo é motivar o cenário artístico criciumense para as novas práticas coletivas. “O espetáculo visa ter interações que reverberarão pela cidade e pelas pessoas que estiverem presentes, abrindo olhares para outras formas do fazer artístico, criando conexões e gerando transformação”, completou.

O grupo é composto pela artista Ana Maria Manaus Teixeira, pelo musicista Bruno Netto, pelas artistas circenses Kalyne Teresa Machado e Alexsandra Luz e pela diretora de arte Fernanda Sabino.

A formação do grupo

O grupo foi um dos contemplados na Lei Federal de Emergência Cultural Aldir Blanc n°14.017 no Edital n°002/2020 da Fundação Cultural de Criciúma (FCC). O projeto era o ‘IntegrArte’, que eram oficinas de Teatro, Dança, Circo e Música oferecidas na Casa da Infância, no ano passado.

“A partir do IntegrArte percebemos a oportunidade de juntar as áreas, mas era um trabalho separado, cada um com a sua oficina, ali percebemos a possibilidade de juntar. Não foi fácil unir todas as artes, ficamos um mês compondo e ensaiando a parte musical. E outra dificuldade foi um lugar para ensaiar, pois precisávamos de um lugar alto”, comentou a Kalyne.

Os interessados em contratar o grupo para apresentações podem entrar em contato pelo Instagram @circolando, @kalyne_tmachado e @ana_manaus.arte ou pelo WhatsApp (48) 9-9651-8261.

Edital Cultura de Criciúma

O Edital Cultura Criciúma 2021 contemplou projetos com valores de R$ 4.460,00 cada, somando um total de R$133.800,00. O valor é proveniente do Fundo Municipal de Cultura e abrange as áreas de artes visuais, audiovisual, cultura digital e popular, Hip Hop, dança, literatura, música, patrimônio e teatro.

“O edital é a base do projeto, sem ele não teríamos recursos para executar a apresentação. Todo a produção, desde a tinta até a lona do chão, tudo foi graças ao edital. Mas ele fomenta essa necessidade e ele é fundamental para a realização desse projeto”, explicou Ana.

De acordo com o diretor de cultura da FCC, Clairton Rosado, a iniciativa tem este trabalho de tirar as ideias do papel. “Temos esse objetivo de oportunizar aos artistas uma chance de executar suas ideias. O projeto do grupo envolvia diversas artes e uma integração entre elas. O Edital Cultura Criciúma visa proporcionar uma oportunidade aos artistas e fomentar a arte no nosso município”, comentou.

Notícias Relacionadas

Motorista embriagado atropela criança e adolescente perto de escola na Serra de SC

Homem fez o teste de bafômetro após a colisão

Cidade de SC oferece abrigo emergencial para pessoas em situação de rua após alerta de frio intenso

Estrutura é aberta nas noites de forte frio, quando as temperaturas ficam abaixo de 10 ºC; nesses dias, as abordagens e atendimentos são feitos das 19h às 7h

Estado anuncia que ampliará leitos de UTI infantil

Unidades de Terapia Intensiva para bebês e crianças enfrentam problema de superlotação em SC

Sensação térmica pode chegar a -20°C na Serra de SC; saiba como se proteger

O frio intenso que atinge Santa Catarina nesta semana pode provocar sensações térmicas abaixo de 0°C em algumas cidades do Estado. No alto da Serra, a previsão é de que moradores sintam frio de até -20°C.