Geral

Educação de Siderópolis realiza primeira reunião de planejamento para volta às aulas

O encontro foi o pontapé inicial para a formatação do calendário letivo de 2021

Divulgação

A previsão para a volta às aulas no ensino infantil, fundamental e médio, em Siderópolis, a partir dos dias 17 ou 18 de fevereiro, de forma presencial ou virtual, foi mantida e deve ser definida de acordo com a classificação da região da Amrec no mapa estadual que aponta o risco potencial para contágio da Covid-19. Já o retorno das aulas nas creches municipais, para as idades entre 0 e 3 anos, ainda segue indefinido.

O retorno presencial, se possível, deverá ocorrer de forma parcial, com o revezamento dos estudantes, 50% dos alunos em uma semana e os demais em outra semana.

A decisão foi tomada em reunião realizada na tarde e início da noite de quarta-feira, 13, entre os novos diretores e secretários da rede de ensino municipal de Siderópolis. O encontro aconteceu no Centro Social Urbano com o objetivo de promover a integração entre o corpo técnico da pasta e para dar início ao planejamento do calendário do ano letivo de 2021.

Neste ano, por conta da pandemia, o município não realizará processo seletivo para ACTs e os candidatos aprovados em 2019 devem ser recrutados na última semana de janeiro. Conforme o secretário de Educação, Méricles Rossa “o número de ACTs e as áreas de atuação desses professores ainda não foram definidos, porque alguns diretores retornam das férias somente na próxima semana e, é eles que devem fazer esse levantamento, de acordo com cada escola”, explica.

Durante a reunião o Plano de Contingência Estadual para Educação (Plancon) foi apresentado aos participantes e discutido a fim de que todos entendessem as diretrizes estabelecidas para uma possível retorno das aulas presenciais.

Notícias Relacionadas

PRF recupera veículo roubado e que circulava clonado na BR 101 em Tubarão

O homem de 20 anos foi conduzido à Central de Polícia de Tubarão e vai responder por receptação e adulteração de sinal identificador de veículo.

Imunização em Tubarão depende da ordem de chegada das vacinas

Ônibus seguem transitando além da capacidade em Criciúma

Novo registro foi capturado na manhã de hoje, no Rio Maina.

Revista Legislativa

Nesta 4ª edição de 2021, participam os vereadores Lindomar Castâneo (PSD) e Guilherme Coan (PP).