Geral

Em Assembleia, associados da Coopermilla aprovam por unanimidade prestação de contas de 2013

Associados da Cooperativa de Eletrificação Lauro Müller (Coopermila) se reuniram neste domingo (23) para mais uma Assembleia Geral Ordinária, realizada todos os anos, para prestação de conta, aprovação do plano de atividades e outros assuntos de interesse dos associados. Mais de mil pessoas estiveram presentes no Salão de Festas da Capela de Santa Bárbara, em Barro Branco, onde logo após o encerramento dos trabalhos foi servido um delicioso almoço.  

A Assembleia, assim como as anteriores, transcorreu de forma tranquila e harmônica. Os dez itens constantes na Ordem do Dia foram aprovados por unanimidade. O presidente da Coopermila, Alcimar Damini De Brida, comemorou o resultado do evento.

“Desde 2006, quando iniciamos este novo modo de assembleia, evolvendo mais as pessoas, os nossos associados tem comparecido. E para nossa felicidade, mais uma vez todos os assuntos levantados foram aprovados por unanimidade. Isso mostra que estamos no caminho correto”, comemorou De Brida, acrescentando que ao lado de todos os demais membros da diretoria, irá continuar trabalhando com honestidade e comprometimento para fazer o melhor para todos os associados.

Os associados que compareceram na assembleia, aprovaram por unanimidade todos os itens constantes na Ordem do Dia: Prestação de contas do conselho de administração acompanhado de parecer do conselho fiscal e auditoria independente referente exercício de 2013, compreendendo: a) Relatório da gestão; b) Balanço patrimonial; c) Demonstrativo das sobras apuradas no exercício de 2013; d) Parecer do conselho fiscal e parecer de auditoria; Destinação das sobras apuradas no exercício de 2013; Eleição dos componentes do conselho fiscal período 2014; Fixação de pró-labore ao presidente e cédula de presença para as reuniões do conselho fiscal demais membros do conselho de administração e delegados representantes junto a Fecoerusc; Aprovação de plano de investimentos para o exercício de 2014; Apresentação e aprovação de plano de aplicação do FATES 2013 e 2014; Autorização para manutenção do valor da quota parte subscrita durante o exercício de 2014 em R$ 245,00 suspendendo a correção do IGP-M (FGV) do exercício anterior; Autorização para contrair empréstimos emergenciais até o valor de R$ 200.000,00 quando do atraso de repasse de recursos e subvenções federais; Autorização e homologação para venda de bens do ativo imobilizado; e Assuntos gerais.

  • c5f067c161c05879597f210c356e4170
  • 49b79a28a5e8d1631bb2a47806e93b41
  • 6c1dc5c0c87e114788aa8a405a1386fe
  • 52389ea2b7ad24ae256eb334c7259e5a
  • b91af830313063e25ae455b199255975
  • 3e3dc1fe2e90d382c89138fe7d4c167d
  • 29c7a975c15b922e1c3bbee4b871e1b8
  • 612c965113106a18dfe8e286d0ad8aa0
  • 893858aa80246a41c6ca84eb65a21a97