Geral

Em Criciúma, Carlos Moisés anuncia mais de R$ 70 milhões em investimentos

A agenda do governador, de entregas históricas no Sul do estado, continua nesta sexta-feira, 27, em Grão Pará e Tubarão

Divulgação

Em todas as regiões de Santa Catarina, o Governo do Estado tem feito inúmeros investimentos, todos planejados, ouvindo as reivindicações e as demandas prioritárias da população. Nesta quinta-feira, 26, foi a vez de municípios do Sul catarinense. Em Criciúma, recursos superiores a R$ 70 milhões para diferentes áreas foram anunciados pelo governador Carlos Moisés.

“São muitas obras e feitos para a região Sul. Alguém disse que os cofres estão cheios. Não, não é assim, nós economizamos e organizamos a casa. Não queremos os cofres cheios, queremos um governo municipalista, fazendo convênios, aplicando o dinheiro onde ele deve estar, na melhoria da qualidade de vida dos catarinenses. Precisamos investir e fazer o dinheiro girar”, disse o governador.

O chefe do Executivo estadual também assinou a ordem de serviço para o início da construção do Centro de Inovação de Criciúma, considerada uma das principais obras para fortalecer o desenvolvimento econômico da Região Carbonífera. Os atos ocorreram no Teatro Elias Angeloni, durante o lançamento do programa chamado O Brasil que dá certo começa aqui, realizado pela prefeitura de Criciúma em parceria com o Governo do Estado.

O prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro, comemorou a parceria com a gestão estadual e agradeceu a acolhida do governador, que atende a maior parte das demandas da cidade. “Pode ter certeza que cada centavo repassado para a prefeitura será muito bem aplicado”, afirmou Salvaro.

Centro de Inovação de Criciúma

A obra para o Centro de Inovação começa em até cinco dias. Será executada pela empresa PGC Engenharia de Obras, de Curitiba,vencedora do processo licitatório. O prazo de conclusão é de 12 meses. O prédio foi cedido pela Universidade do Extremo Sul Catarinense (Unesc). O valor total dos serviços é de R$ 7 milhões do Governo do Estado, por meio da Fundação de Apoio à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e R$ 1,4 milhão de contrapartida da prefeitura de Criciúma.

Para o presidente da Fapesc, Fábio Zabot Holthausen, a inovação e a pesquisa são instrumentos essenciais para o desenvolvimento de uma sociedade e, no caso de Santa Catarina, a dedicação e o compromisso do Governo do Estado com a finalização dos centros reforçam a visão inovadora e de vanguarda. “O Centro vai unir empreendedorismo e inovação. É um incentivo para que os talentos permaneçam em suas regiões”, pontuou, ao agradecer pela parceria da Unesc e prefeitura de Criciúma.

Repasse fundo a fundo

Dos investimentos anunciados pelo governador para infraestrutura de Criciúma, R$ 29,9 milhões serão repassados fundo a fundo, ou seja, diretamente na conta bancária do município. A medida aprovada pela Alesc dispensa a celebração de convênio entre Estado e municípios, fazendo com que o dinheiro chegue mais rápido às prefeituras.

Com os valores serão feitas melhorias e pavimentadas as ruas Rogério Búrigo (R$ 1,5 milhão); Frederico Zilli (R$ 4 milhões); Rodovia José Giassi (R$ 5 milhões); Avenida Antônio Scotti (R$ 5 milhões); Rodovia Otavio Dassoler, no Bairro Linha Batista (R$ 1,4 milhão); Rodovia Estevam Naspolini (R$ 3 milhões); Rodovia Pedro Manoel Pereira (R$ 5 milhões) e construção do elevado na Rua Virginio Conti (R$ 5 milhões).

Projeto para SC-445

O município vizinho, Içara, também foi contemplado. Estado e prefeitura firmaram termo de cooperação para contratar empresa que irá elaborar o projeto executivo de duplicação da SC-445. A rodovia estadual liga a BR-101 à Avenida Centenário, dentro do perímetro urbano do município.

Recomposição de ruas

Dentre os anúncios, também estão R$ 26 milhões firmados por convênio entre a Casan e o município de Criciúma. Os recursos são para recuperar a pavimentação das ruas que sofreram intervenções em obras do Sistema de Esgotamento Sanitário dos bairros Próspera e São Luiz.

Mais recursos para Saúde

O governador autorizou o repasse de R$ 13,6 milhões ao Hospital São Donato, para a ampliação da unidade hospitalar localizada em Içara.

Para o Hospital São José de Criciúma, investimentos de R$ 2 milhões serão aplicados no custeio ao enfrentamento da Covid-19. Outros R$ 200 mil, provenientes de emenda parlamentar do deputado estadual Felipe Estevão, serão destinados ao município de Criciúma para implantação do Núcleo de Saúde Coletiva do Sul do Estado.

“Todos os investimentos entram na premissa do Governo do Estado de trazer para cada vez mais próximo do cidadão ofertas de serviços com qualidade”, enfatizou o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro.

Doação de terreno para AMA-REC

O governador autorizou a doação de imóvel a Criciúma, que será utilizado pela Associação de Pais e Amigos de Autistas da Região Carbonífera (AMA-REC). No local, serão realizadas atividades voltadas à educação especial de todas as pessoas com transtorno do espectro autista.

Lideranças no ato

Os atos também tiveram a presença dos deputados estaduais José Milton Scheffer, Júlio Garcia, Paulinha, Rodrigo Minotto, Tiago Frigo e Volnei Weber, o chefe e o subchefe da Casa Civil, Eron Giordani e Juliano Chiodelli, os secretários de Estado da Educação, Luiz Fernando Vampiro, de Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira e o secretário executivo de Articulação Nacional, Lucas Esmeraldino, a presidente da Casan, Roberta Maas Dos Anjos e o presidente da Fesporte, Kelvin Soares. A reitora da Unesc, Luciane Ceretta e o presidente da Acic, Moacir Dagostin, também participaram da solenidade, além de prefeitos, vereadores, lideranças locais, empresários e moradores.

Visita à SATC

Durante a tarde, o governador Carlos Moisés participou do lançamento do Programa de Inovação Corporativa – PIC e da inauguração do novo espaço Cobusiness, da Associação Beneficente da Indústria Carbonífera de Santa Catarina (SATC). A plataforma colaborativa integra a academia, a indústria e a sociedade. O ambiente foi pensado para desenvolver soluções inovadoras para os negócios e fortalecer a parceria já existente com a indústria.

O novo espaço foi viabilizado com recursos do Governo do Estado, por meio Fapesc, da prefeitura de Criciúma, por emenda parlamentar do deputado federal Ricardo Guidi, e com recursos próprios da SATC. No Cobusiness, 12 empresas poderão voltar sua atenção para negócios ou produtos diferenciados. Junto a elas, além do suporte técnico e especializado de mestres e doutores da UniSatc, estarão atuando bolsistas da graduação.

Notícias Relacionadas

PRF recupera veículo roubado e com placas falsas na BR-101, em Criciúma

O motorista conseguiu fugir a pé pelo mato.

Em Criciúma, já são mais de 12 mil vacinados contra o sarampo

Campanha iniciou em outubro de 2019 e foi entendida até 31 de agosto deste ano

Classificação de risco para o coronavírus cai de grave para alto em Criciúma

Mudança mostra que situação melhorou em relação à pandemia e novas flexibilizações estão permitidas

Bombeiros resgatam homem que ficou preso tentando furtar fios, em Criciúma

Caso ocorreu na madrugada deste sábado, em metalúrgica localizada no bairro Pinheirinho