Saúde

Em Santa Catarina, 354 pessoas aguardam por leitos de UTI para Covid-19

Estado registrou 78 mortes em decorrência da doença entre sexta-feira (5) e sábado (6), somando 7.894 óbitos desde o início da pandemia

Divulgação

Em meio ao colapso no sistema de saúde, o número de casos de Covid-19 em Santa Catarina continua aumentando diariamente. Entre a sexta-feira (5) e sábado (6), mais 5.633 pacientes foram notificados e 78 pessoas morreram em decorrência do coronavírus.

No momento, o Estado tem 39.017 casos ativos da doença e 354 pacientes aguardando por leitos de UTI para Covid-19. As informações são do boletim epidemiológico divulgado pelo governo estadual na noite deste sábado.

Desde o início da pandemia, 705.760 casos de Covid-19 foram confirmados em Santa Catarina. Desses, 658.849 (93,35%) são considerados recuperados. O boletim deste sábado registrou 861 novos casos ativos no Estado.

A cidade com a maior quantidade de confirmações de infecção pelo novo coronavírus é Joinville, que soma 65.879 casos, seguida por Florianópolis (61.245), Blumenau (36.933), Chapecó (27.361), São José (26.921), Criciúma (23.798), Palhoça (20.615), Balneário Camboriú (19.320), Brusque (18.366) e Itajaí (17.947).

A doença respiratória já causou 7.894 óbitos no Estado. Atualmente a taxa de letalidade é de 1,12%.

Ocupação dos leitos de UTI

Dos 1.606 leitos de UTI existentes pelo SUS (Sistema Único de Saúde) em Santa Catarina, 1.545 estão ocupados, sendo 883 por pacientes com confirmação ou suspeita de Covid-19. A ocupação é de 96,2% e há 61 leitos vagos atualmente.

De acordo com o governo do Estado, a taxa de ocupação é virtualmente inferior à taxa de ocupação real devido à rotatividade de pacientes e aos horários de atualização do painel de leitos de UTI do SUS.

“Quando liberado, um leito constará temporariamente como disponível mesmo que já esteja reservado a algum paciente”.

Lembrando que, até este sábado, a fila de espera por leitos de UTI para Covid-19 em Santa Catarina contava com 354 pacientes.

Na rede privada, ainda conforme o último boletim divulgado pelo governo estadual, 153 pessoas estão internadas na UTI. Dessas, 99 necessitam de ventilação mecânica.

Com informações do NDMais

Notícias Relacionadas

Secretaria da Agricultura atualiza situação das áreas de cultivos de moluscos em Santa Catarina

Novas análises garantem a liberação de algumas áreas de cultivo de moluscos e mantém a interdição de três localidades.

Terça-feira será de sol e calor em Santa Catarina

Máximas passam dos 30ºC em cidades do Oeste e Litoral Norte. No amanhecer, as mínimas variam entre 8ºC e 17ºC.

Sine anuncia mais de 4,6 mil vagas abertas em Santa Catarina

Matriz de Risco aponta a volta de todas as regiões para o nível gravíssimo

No último boletim, divulgado em 10 de abril, as regiões Carbonífera, Extremo Sul Catarinense, Foz do Rio Itajaí e Grande Florianópolis estavam classificadas para o nível grave. Todas as 16 regiões catarinenses apresentaram nota quatro, o nível mais elevado, na dimensão de Capacidade de Atenção, que é aquela que aponta a ocupação de leitos hospitalares