Geral

Em SC: 199 policiais civis são nomeados

São 112 Escrivães de Polícia e 87 Agentes de Polícia aprovados em concurso público de 2017.

Divulgação

O Governo do Estado de Santa Catarina nomeou mais 199 novos policiais civis. Os atos de nomeação foram assinados pelo governador Carlos Moisés da Silva e publicados na edição desta quinta-feira (21) do Diário Oficial do Estado de SC. São 112 Escrivães de Polícia e 87 Agentes de Polícia aprovados em concurso público de 2017.

As nomeações são para completar as abstenções da chamada realizada em dezembro de 2020 e também de incremento no efetivo da Polícia Civil catarinense, conforme anunciado pelo governador no ano passado.

Agora, os nomeados deverão entregar os documentos para serem submetidos à perícia médica até o dia 02 de fevereiro e a documentação até o dia 10 de fevereiro, a fim de que a posse seja no dia 19 de fevereiro, quando está previsto o começo do curso de Formação Inicial desta turma.

Curso em andamento

No dia 8 de janeiro, uma outra turma de 90 alunos (60 Agentes e 30 Escrivães) começou o Curso de Formação Inicial na Academia da Polícia Civil (Acadepol). A formação terá duração de oito meses, contando com uma matriz curricular das mais completas do Brasil.

Com informações do site Notisul

Notícias Relacionadas

Santa Catarina registra dois novos casos de coronavírus e divulga plano de contingência para enfrentar a doença

Coronavírus em SC: Santa Catarina salta 16 posições e está entre os estados com menor incidência da doença no país

As estratégias de isolamento social e combate ao coronavírus levaram Santa Catarina a avançar para posição de destaque nacional no enfrentamento à pandemia.

Produtor do melhor mel do mundo, Santa Catarina prevê safra acima da média em 2020

Santa Catarina tem uma série de fatores que, naturalmente, favorecem o cultivo de um mel diversificado e até mais puro.

Unibave receberá mais de R$ 1 milhão do Governo de Santa Catarina para concessão de bolsas

Os recursos de bolsas do UNIEDU são assegurados pelo Governo do Estado de Santa Catarina e favorecem a inclusão de jovens no ensino superior com dificuldades de realizar os seus estudos.