Saúde

Em SC: apenas 12 vagas de UTI estão disponíveis em todo o Estado

As 295 cidades catarinenses já têm registro de casos confirmados.

Divulgação

O Governo de Santa Catarina informou, por meio de boletim diário, os números referentes a covid-19, neste sabado (27). A informação é de que há 793.856 casos confirmados, destes 752.777 se recuperaram e 30.660 estão em acompanhamento. Além disso, foram 10.419 óbitos no estado desde o início da pandemia. A taxa de letalidade é de 1,31%.

Há 101 óbitos a mais em comparação com a última atualização diária. O total de confirmados cresceu 3.494, enquanto 3.885 pessoas passaram a se enquadrar nos critérios para serem consideradas recuperadas, ou seja, houve numa diminuição de 492 no número de casos ativos.

As 295 cidades catarinenses já têm registro de casos confirmados. A maior quantidade de pacientes que já confirmaram infecções está em Joinville, com 76.856 casos. Na sequência, Florianópolis com 68.612, Blumenau com 40.924, Chapecó com 31.064, São José com 30.043 e Criciúma com 26.931.

Dos leitos, há em todo o Estado, 1.411 de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Adulto, ativos pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Destes, 1.399 estão ocupados, sendo 1.026 por pacientes com confirmação ou suspeita de Covid-19. A taxa de ocupação de UTI Adulto é de 99,1% e há 12 leitos livres atualmente.

Divulgação

Com informações do Governo do Estado

Notícias Relacionadas

UTIs na Amurel: Beto lança ideia de aquisição de leitos através do CIS-Amurel e prefeitos aprovam

Mesmo sendo obrigação do Governo do Estado a disponibilização de UTIs, a Amurel chamará a responsabilidade para ter mais um suporte no salvamento de vidas.

Estado garantirá tratamento anual de R$ 2,7 milhões a criança de Laguna com AME, decide TJ

De acordo com os autos, a perícia médica comprovou que a criança, natural de Laguna, precisa do remédio e que inexiste, na rede pública de saúde, tratamento para a doença.

Coronavírus em SC: Governo do Estado estabelece novas medidas para o transporte aquaviário e comércio de refeições nas rodovias

A comercialização de refeições pode ser feita por restaurantes localizados às margens das estradas e oferecida exclusivamente para profissionais de serviços considerados essenciais pelo Governo do Estado, incluindo nesta categoria os transportadores de carga responsáveis pelo abastecimento e transbordo de insumos da saúde.

Com investimento de R$ 3,9 milhões, Estado entrega unidades de assistência social em Armazém, Rio do Oeste, Lontras e Florianópolis

Cada uma das unidades conta com sala de atendimento familiar, administração, recepção, cozinha, banheiro, área de serviço, sala multiuso, área externa coberta e mobília.