Geral

Em Treviso, moradores denunciam crime ambiental

Imagens flagraram rejeitos de carvão sendo despejados no Rio Mãe Luzia. Fundação colhe informações.

Foto: Divulgação

Moradores da cidade de Treviso regis- traram em vídeo esta semana o descarte de rejeitos de mineração no Rio Mãe Luzia. As imagens foram enviadas ao empresário Mário Anelli, que faz parte do Fórum pela Despoluição do Rio Mãe Luzia e do Comitê da Bacia do Rio Araranguá, e ele fez a denúncia na Fundação Municipal de Meio Ambiente de Treviso (Funtrev).

“Essa não é a primeira vez que isso acontece e, por conta dessa repetição, as mineradoras foram obrigadas a instalar câmeras de monitoramento nas saídas dos canos para os rios e a fundação fez a verificação dessas câmeras e nos avisaram que já foi identificada a fonte de onde vazou esse material”, comenta Anelli.

Autuação à empresa

O nome da empresa responsável não foi divulgado, mas, de acordo com o empresário, a informação que foi repassada é de que haverá uma autuação e investigação sobre o crime ambiental. “Ele não me disse qual é a empresa, até porque os responsáveis têm que ser autuados, tem que ter um tempo para apresentar defesa”, relata Anelli.

Para o representante dos movimentos ambientais, essa é uma situação preocupante e que precisa de providências mais efetivas para que não se repita mais uma vez. “A gente vê que o peixe não vai voltar para o rio se eles continuarem soltando água de carvão. Esse não é um crime de hoje, são ações do passado também, recuperações ambientais que não foram bem feitas e que continuam vazando água ácida para os rios”, declara.

Município investiga

“A gente participa de fórum, gasta gasolina para se locomover para lá e para cá, gasta energia, e nada acontece. O rio vai continuar poluindo se não for feito nada a respeito des-ses crimes”, completa Anelli.

O engenheiro ambiental da Funtrev, Vinicius Pasquali, afirmou que ainda está levantando as informações a respeito do caso e que, por enquanto, não irá se manifestar.

Com informações do site 4oito

Notícias Relacionadas

Morador tem bens e dinheiro furtados de casa em Orleans

Conforme a Polícia Militar, o crime ocorreu no intervalo de aproximadamente duas horas, entre a saída e o retorno dos moradores.

Carro esportivo de luxo é apreendido com mais de R$ 15 mil em débitos, em Araranguá

Agentes abordaram o motorista, de 27 anos, após denúncia por direção perigosa.

Procon e Sindicato dos Bancários atuam contra excesso de espera, em Criciúma

Moradores de Lauro Müller são orientados sobre novo sistema de saneamento básico

Além de levar informações sobre as obras de implantação, dúvidas sobre a taxa de esgoto também são esclarecidas