Geral

Emprego: sete municípios da região têm saldo positivo

A região terminou junho com sete municípios apresentando saldo positivo na geração de empregos com carteira assinada. Entre os três que apresentaram saldo mais alto, a indústria foi o setor responsável pela criação de novos postos de trabalho formal, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados na tarde desta sexta-feira.

São Ludgero, Treze de Maio, Capivari de Baixo, Rio Fortuna, Orleans, Armazém e Grão-Pará somaram, juntos, um saldo de 155 novos empregos formais. O município de São Ludgero foi quem apresentou o melhor resultado, com saldo positivo de 69 empregos. Foram 195 admissões, contra 126 desligamentos. Treze de Maio (24) e Capivari de Baixo (23) vêm em seguida.

O município que contabiliza o saldo positivo maior ainda comemora um outro dado: o crescimento em relação aos dados de maio, quando São Ludgero apresentou um saldo de dez novos postos de trabalho.

Os dados negativos, no entanto, atingiram 11 municípios da região. Tubarão liderou em número de desligamentos maior que de admissões, apresentando um saldo negativo de 269 demissões a mais. Foram 1079 novos empregos formais, contra 1348 desligamentos. O comércio foi quem mais demitiu (saldo negativo de 104), seguido do setor de serviços (com saldo negativo de 89) e da indústria (com saldo negativo de 57).

Sangão, Laguna e Imbituba vêm em seguida em números negativos. Sangão apresentou um saldo negativo de 83. Foram 69 admissões contra 152 demissões. A indústria, neste caso, foi quem mais demitiu no município. Laguna (saldo negativo de 74) e Imbituba (com saldo negativo de 60) tiveram na agricultura/pesca e nos serviços, respectivamente, os maiores índices de desligamento.

Santa Catarina terminou junho com um saldo negativo de 4.020 postos de trabalho formais. No Estado, o setor que registrou mais demissões em relação a contratações foi o da indústria.

No país inteiro, a economia brasileira fechou, em junho deste ano, com 661 vagas de emprego com carteira assinada. Esse foi o primeiro resultado negativo para um mês em 2018.

Otimismo com os números

Mesmo com o saldo negativo maior que o positivo para a maioria dos municípios da região, 11 municípios, entre os 18, apresentaram diminuição nos números negativos. Tubarão, por exemplo, apresentou saldo negativo em maio, com 419 desligamentos. Em junho, este número caiu para 269 negativo. E o otimismo cresce ainda mais quando municípios como Rio Fortuna, que em maio teve 25 desligamentos a mais que admissões, apresentam mudanças, pois em junho o município teve saldo positivo de 14 novos empregos formais. É a mesma situação de Armazém, que registrou saldo negativo em maio e passou para positivo em junho, com 12 novos postos de trabalho.

Notícias Relacionadas

Prefeitura realiza doação de terrenos para empresas e fomenta geração de empregos em Criciúma

Localizadas no Loteamento Industrial Vila Natureza, áreas foram destinadas para duas empresas. Objetivo é a geração de empregos e renda às famílias

Empregos: 150 pessoas são entrevistadas para vagas em Siderópolis

A empresa não divulgou o número exato de vagas, mas são mais de 18 especializações profissionais pretendidas.

Orleans tem saldo positivo na criação de empregos em fevereiro

Somente no mês de fevereiro foram criados 56 novos postos de trabalho.

Estado assume Terminal Pesqueiro de Laguna e projeta criação de empregos

O primeiro passo para modernizar o Terminal Pesqueiro Público de Laguna foi dado nesta quinta-feira, 19.