Geral

Escola de Braço do Norte promove Projeto Criativo EcoFormador

Entre as atividades práticas está produção de iogurte, cultivo na horta escolar, visita ao supermercado para explorar valores, entre outros.

Fotos: Chênia Cenci

Preocupados com a necessidade de estimular a leitura, interpretação e produção textual, bem como a capacidade de solucionar situações-problema, articulando currículo e realidade, a EEB Engenheiro Annes Gualberto, de Braço do Norte, desenvolve com os estudantes o Projeto Criativo EcoFormador – Crescendo com Você: da Semente ao Resíduo.

“Na discussão do projeto são desenvolvidas atividades práticas que ampliam o autoconhecimento dos estudantes e o conhecimento da realidade das pessoas com as quais convivem, além de estimular o comprometimento com a preservação do meio em que estão inseridos”, afirma a gerente de Educação da ADR de Braço do Norte, Zuleide Wiggers.

Entre as atividades práticas está produção de iogurte, cultivo na horta escolar, visita ao supermercado para explorar valores, tipos de alimentos e processo de comercialização, produção de telas para revitalização do refeitório e aulas de campo no centro da cidade, no Museu ao Ar Livre Princesa Isabel e nos laboratórios do Unibave, em Orleans. “Em cada atividade prática são explorados conteúdos previstos no planejamento anual, condição que favorece a superação do ensino descontextualizado, linear e fragmentado”, completa Zuleide.

Ainda de acordo com a gerente, nesse sentido, as atividades favorecem um ensino que articula currículo e realidade. “Isso ficou perceptível na produção de iogurte, quando a disciplina de Artes foi responsável pela confecção de bactérias com material alternativo, enquanto a de Ciências explorou conteúdos como função e reprodução e a de Matemática a potência”, exemplifica Zuleide.

  • unnamed (20)
  • unnamed (19)
  • unnamed (21)

A professora de matemática, Mara de Freitas, destaca que a atividade prática tem contribuído para que os estudantes constatassem que a potência existe em diversos lugares do nosso dia a dia. “Os alunos ficaram mais motivados, porque sentiam que faziam parte de um processo construído com muito dialogo e aulas praticas”, destaca.

Conforme a professora de Ciências, Andreza Franciscone, suas aulas estão mais práticas e diversificadas, ampliando a atenção dos estudantes que passaram, inclusive, a produzir relatórios mais amplos e com mais sentido.

O cultivo da horta foi explorado pela Língua Portuguesa para produção textual e na Matemática para o tratamento de informações em gráficos e tabelas. Em uma das visitas ao supermercado foram identificados alimentos saudáveis e não saudáveis, trabalhadas situações-problema envolvendo os preços pesquisados. “As turmas que não tiveram a possibilidade da aula de prática, optaram por realizaram um piquenique, com o objetivo de diferenciar os diversos tipos de alimentos, a análise dos rótulos, entre outros aspectos que integram o currículo escolar”, afirmou Andreza.

Já na visita aos laboratórios os estudantes exploraram conteúdos como células, tecido e sistemas. Também foi possível visitar os laboratórios de Medicina Veterinária para confrontar a constituição humana a dos animais.

A professora Marlene Zwierewicz que coordena o programa de formação, afirma que a iniciativa promove um trabalho mais criativo, estimulando que os estudantes possam se apropriar dos conteúdos a partir de vivências que favorecem a interação, a colaboração e o cuidado em relação a si mesmo, aos outros e à natureza.

Colaboração: Chênia Cenci – Assessoria de Comunicação – ADR Braço do Norte

Notícias Relacionadas

Amurel recomenda que municípios adotem nova quarentena por causa da Covid-19

Associação dos Municípios da Região de Laguna (Amurel) contempla 18 prefeituras. A situação da região é considerada gravíssima pelo governo de Santa Catarina em relação à doença.

Idoso capota carro sobre a Ponte Anita Garibaldi, em Laguna

Motorista de aproximadamente 80 anos estava sozinho quando perdeu o controle do veículo com placas de Braço do Norte.

Clínicas e laboratórios particulares de Braço do Norte terão que informar a Prefeitura sobre exames para Covid-19 realizados

O Decreto 026/2020, assinado pelo prefeito, Beto Kuerten Marcelino, na noite deste domingo (12), visa garantir a transparência sobre os dados da doença no Município.

Projeto Educanvisa promove saúde em escolas da rede municipal de Lauro Müller