Geral

Escola Walter Holthausen promove projetos de sustentabilidade ambiental em Lauro Müller

Por meio das disciplinas de ciências da natureza, os alunos aprendem a teoria e praticam os conteúdos dentro da própria escola.

Divulgação

A Escola de Educação Básica Walter Holthausen está localizada no Bairro Sumaré, em Lauro Müller, e realiza alguns projetos inovadores na área de sustentabilidade ambiental. Por meio das disciplinas de ciências da natureza, os alunos têm a oportunidade de levar para fora da sala de aula ideias que contribuem com o meio ambiente e o bem-estar social.

A instituição, que atende 430 alunos, trabalha com os projetos de horto escolar e paisagismo, aquaponia e captação e tratamento de água da chuva. Esses projetos são orientados pelos professores Ronaldo Heidemann, Claiton Joaquim e Anderson Michels. Eles ensinam os alunos a cuidarem de cada um dos projetos, à medida que sua consciência ambiental vai sendo criada.

No projeto do horto escolar os alunos plantam árvores no espaço escolar e também cuidam do cultivo de cada uma. O objetivo é transformar o espaço como uma área de leitura, lazer e atividades fora da sala de aula. Os alunos também fazem doações de mudas para a comunidade em algumas datas especiais, como o dia do meio ambiente e o dia da árvore.

Divulgação

Professores e alunos também desenvolveram uma maneira de produzir produtos orgânicos, sem nenhum tipo de agrotóxico. O projeto de Aquaponia junta a hidroponia (produção de vegetais sem solo) e a aquicultura (produção de organismos aquáticos).

Segundo os professores, esse projeto agrega valor aos produtos oriundos do campo, dando uma melhor qualidade de vida aos produtores. Também ajuda as famílias do campo à preservarem a sua história, suas tradições e cultura.

Outra preocupação da escola transformada em projeto foi a necessidade de economizar água. Por meio da captação e tratamento da água da chuva os alunos aprendem a aplicar técnicas sustentáveis dos recursos naturais, com o objetivo de preservá-los para as futuras gerações.

Divulgação

Assim, os professores e alunos construíram um projeto que capta a água da chuva e passa por todas as etapas de uma estação de tratamento de água, para depois ser utilizada na escola. A água é reaproveitada no laboratório de química, física e biologia, no ginásio de esportes, no tanque para diversas atividades, em torneiras que serão utilizadas para lavar as salas de aula e o pátio, na horta do colégio e também no projeto de aquaponia.

Com esses projetos a Escola Walter Holthausen concilia os conteúdos teóricos estudados em sala de aula com a prática, trabalha a conscientização ambiental dos alunos, e contribuem para a economia de água na escola. Ao participar desses projetos os alunos também desenvolvem novas habilidades sociais, ambientais e de empreendedorismo, já que são incentivados a pensar no futuro e produzir soluções sustentáveis para benefício de todos.

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Divulgação

Notícias Relacionadas

Voos de drones, para captar informações geográficas de Lauro Müller, começam na próxima semana

Trabalho de coleta de informações é parte do Projeto de Gestão Territorial desenvolvido pela Unesc para o município.

Van capota e deixa criança gravemente ferida em Lauro Müller

Segundo informações extra-oficiais, a vítima que estava com os pais, foi arremessada para fora do veículo.

Joãozinho da Farmácia atende em novo endereço em Lauro Müller

Farmácia Nossa Senhora Aparecida muda de endereço, mas mantem tradição de 34 anos atendendo agora em frente a Praça Henrique Lage, ao lado da cabeceira da ponte, na entrada da cidade.

Mascotes da Festa do Agricultor de Lauro Müller fazem visitas a bairros e divulgam evento

Encontro com moradores acontece uma semana antes do início do evento e pessoas interagem com personagens, conhecendo atrações e programação da festa.