Poder Legislativo

Escolas aderem ao projeto Câmara Mirim

Escolas da rede particular, municipal e estadual de ensino de Criciúma estão aderindo ao projeto Câmara Mirim, que foi proposto pela Mesa Diretora, e aprovado por unanimidade pelos parlamentares. O objetivo é promover a interação entre a Câmara Municipal de Criciúma e o estabelecimento de ensino, permitindo ao estudante do 5º ao 8º ano compreender o papel do Legislativo Municipal dentro do contexto social em que vive, contribuindo assim para a formação da sua cidadania.

Quem aprovou e já garantiu a inscrição foi o colégio Marista. Conforme o diretor geral da instituição, Valetin Fernandes, o projeto é a ‘cara’ do colégio, já que o intuito do educandário é formar novos líderes. “O projeto vem nos auxiliar e fortalecer o método de ensino da escola. Vamos participar com todo empenho e com certeza vai enriquecer o projeto que temos na escola”, disse.

A Escola Municipal Ângelo Félix Uggioni, também já se inscreveu e recebeu a visita da Comissão. Raquel Mendonça Florentino Bonfanti, enfatizou que os professores e os alunos aprovaram o projeto. “Já temos alunos que estão querendo se candidatar e vamos dar todo o suporte e incentivando a participação deles”, comentou. Na escola estudam 122 educandos do 5º ao 8º ano.

Maria da Graça Cabral, coordenadora do Ensino Fundamental, Médio e Técnico da SATC, mencionou a importância do projeto. “É uma forma de conscientizar os alunos em relação à cidadania. Vai ser importante, pois eles vão conhecer como funciona a Câmara e vão ser vereadores mirins”. No local estudam 1152 alunos com a faixa etária proposta pelo projeto.

A diretora da Escola Municipal Hercílio Amante, Ana Paula de Carvalho Fernandes Colombo, contou que já foi Vereadora Mirim, em um projeto que teve a parceria da escola em que estudava, com a prefeitura. Ela disse que na época o prefeito era Altair Guidi e a escola era a mesma que hoje é diretora. “Foi uma experiência marcante. Tenho até hoje o certificado e vou mostrar para os alunos. As sessões eram na prefeitura e discutíamos, além de melhorias para a instituição, também para a educação”, lembrou. “É um grande projeto, uma grande transformador de lideranças e no sentido de possibilidades. Muitos nem sabem onde fica o próprio legislativo”, completou ela.

Fazem parte da Comissão os vereadores Ricardo Fabris (PDT), Camila Nascimento (PSD), Edson Aurélio (PSDB), Dailto Feuser (PSDB) e Paulo Ferrarezi (PMDB).

As inscrições, que vão até 8 de maio, podem ser feitas no site do Legislativo – camaracriciuma.sc.gov.br ou pelo telefone 3431-2224, das 13 às 19h, de segunda a sexta-feira.

Colaboração: Daniela Savi

  • 31ea934ba4f4bdc341a5dc844c773779
  • 984fd17bf134e61216aaecd642196063
  • 5ad2a7b4493216f375319e250dba2c2c
  • 87a1c86642475a252e84ff23114f6012