Poder Executivo

Escolas de Siderópolis aderem ao Projeto Sanitarista Junior

Fotos: Simone Costa

Professores e direção das escolas municipais Miguel Lazzarin, de Rio Jordão, e Aurora Péterle, de Alto Rio Maina, receberam informações sobre o Projeto Sanitarista Junior, que tem como objetivo promover a mudança de atitudes e comportamentos diante dos problemas sanitários desde o período escolar.

O projeto é uma iniciativa da Cidasc, em parceria com as Secretarias Municipais de Agricultura e Educação. As duas escolas são consideradas do campo por estarem localizadas em comunidades rurais. Os detalhes do projeto foram explanados pelo engenheiro ambiental da Cidasc de Criciúma, João Natalino Martins com auxílio da responsável pela empresa em Siderópolis, Giovana Hermann.

Praticamente todas as séries iniciais das escolas aderiram ao projeto. “Ele foi muito bem aceito pela direção e pelos professores. Vamos auxiliar na aplicação juntamente com a Cidasc e Secretaria de Agricultura”, destacou a coordenadora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, Adiles Lima, acrescentando que “para motivar ainda mais o interesse das crianças, o Sanitarista Junior conta com aulas expositivas e saídas de campo”.

Esse ano, o projeto entra em sua quarta edição com novos materiais didáticos como o Livro do Professor e o Caderno de Atividades dos Alunos, que proporcionarão maior autonomia para os professores no desenvolvimento do projeto em sala de aula. O material foi desenvolvido com assessoria pedagógica, através de recursos oferecidos pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento – Mapa.

Colaboração: Simone Costa / Comunicação Prefeitura de Siderópolis

  • DSC_0004
  • DSC_0019
  • DSC_0057
  • DSC_0058
  • DSCN8842
  • DSCN8846
  • DSCN8854

Notícias Relacionadas

Cidasc emite comunicado sobre proibição de fabricação, comércio, prescrição e uso do herbicida Paraquat no Brasil

A reavaliação toxicológica do paraquat foi determinada em 2008 pela Anvisa e finalizada em 2017

Operação contra o furto de gado é realizada no Sul

As fiscalizações aconteceram em Gravatal, Içara, Morro da Fumaça e Bom Jardim da Serra. Pelo Estado, outras cidades também fazem parte das investigações.

Cidasc alerta que comércio ambulante de mudas em Santa Catarina é proibido e deve ser denunciado

Essa proibição tem como objetivos, evitar a introdução de novas pragas no estado, bem como garantir a idoneidade das mesmas, contribuindo para o aumento da produtividade e da competitividade do setor agrícola catarinense.

Cidasc apreende agrotóxicos contrabandeados e interdita lavoura em Nova Veneza

Fiscal afirma que não se sabe malefícios que produto irregular pode causar na população. Proprietário de lavoura interditada foi multado.