Geral

Espaço de Memória do Chapadão é inaugurado

O Espaço apresenta um panorama geral sobre o processo colonizatório da comunidade

Divulgação

O município de Orleans ganhou, neste fim de semana, mais um local que ajuda a contar a história dos primeiros imigrantes da região. A Associação Cultural de Descendentes Poloneses da Encosta da Serra Catarinense (Apolsca) inaugurou no domingo (12/12) o Espaço de Memória do Chapadão, em uma parceria da prefeitura de Orleans e com trabalhos dos técnicos do Museu ao Ar Livre Princesa Isabel (Malpi).

O Espaço apresenta um panorama geral sobre o processo colonizatório da comunidade. “Um recorte histórico construído por muitas pessoas, sobretudo por integrantes da etnia polonesa, que em busca da terra prometida, chegaram e fixaram-se neste território”, diz um trecho da placa que recepciona os visitantes.

O presidente da Apolsca, Luis Gaizinski Slachta, diz que aprendeu muito da história dos imigrantes a cada visita e a cada objeto adquirido para o espaço. “O Espaço vem fortalecer a cultura do município”, afirmou o presidente que agradeceu a participação da comunidade. “Que todos façam proveito do espaço”, disse em seu discurso de inauguração, explicando que o local tem mais lugar para doações de novos objetos.

A construção

Os trabalhos para criação e montagem do Espaço de Memória do Chapadão foram realizados por meio de pesquisas bibliográficas, documentais e com depoimentos dos moradores da comunidade.

“Foi um trabalho para iniciar a salvaguarda da história e dos bens culturais da comunidade”, comentou a diretora do Museu ao Ar Livre, Valdirene Böger Dorigon. Tanto Valdirene, quanto o museólogo Idemar Ghizzo, trabalharam na criação e montagem do espaço, realizado com recurso, no valor de R$ 20mil, do Termo de Fomento da Prefeitura de Orleans, por meio do Departamento de Cultura, repassados a Apolsca.

Notícias Relacionadas

Saúde lança nova versão da caderneta de saúde para crianças

Novo modelo será enviado aos estados e municipios até março

Cachoeira é interditada por tempo indeterminado após queda que matou jovem em SC

Leticia Silva Budal, de 20 anos, morreu após cair aproximadamente 50 metros dentro da cachoeira

SC tem 20 vezes mais pacientes em tratamento contra Covid do que no Natal

Em 25 de dezembro, estado tinha 1.987 casos ativos contra 45.915 de sexta-feira. SC enfrenta filas nos postos de saúde e unidades fechadas por causa do afastamento de profissionais da área.

Um ano de vacinação contra Covid-19 com início da imunização de crianças

A vacinação de crianças de 5 a 11 anos é a forma que SC celebra data