Trânsito

Estacionamento Rotativo começa a funcionar nesta sexta-feira (21) em Orleans

Os motoristas devem ficar atentos às vagas e adquirir o ticket para estacionar

Divulgação

A partir desta sexta-feira (21), o estacionamento das ruas de Orleans terá mudanças e começará a funcionar como rotativo. A medida começa após 30 dias em que as monitoras receberem um treinamento e passarem orientações para a população. A empresa licitada para realizar o serviço é a Hiper Off.

O sistema online que será utilizado pela empresa é chamado E Rotativo Digital. O usuário terá à disposição um aplicativo onde poderá comprar tickets e gerenciar o tempo que ficará estacionado. Onze monitoras treinadas orientarão a população sobre como irá funcionar. Os monitores são os responsáveis por dar informação, organizar as vagas de estacionamento e fiscalizar. Quem não quiser utilizar o aplicativo contará com a ajuda das monitoras e dos pontos de venda espalhados pela cidade.

Confira as principais informações do Estacionamento Rotativo:

Quanto custará para estacionar?

As tarifas para carro são de R$ 1,00 por 30 minutos, R$ 1,50 por uma hora e R$ 3,00 por duas horas.

As tarifas para moto são de R$ 0,50 para 30 minutos, R$ 1 para uma hora e R$ 2 para duas horas.

Onde adquirir o ticket de estacionamento?

Os usuários poderão adquirir crédito com as monitoras ou nos postos de venda credenciados. Há duas formas de comprar os créditos de estacionamento:

Ticket: A pessoa pode adquirir quantos tickets quiser. Quando o motorista parar em uma vaga é só procurar um monitor ou um ponto de venda, entregar o ticket juntamente com o número da placa do carro para habilitar a vaga de estacionamento.

Crédito Virtual: O usuário faz um cadastro no aplicativo do estacionamento rotativo e compra o crédito. Quando estacionar o próprio motorista, por meio do aplicativo, habilita a vaga sem precisar procurar o monitor.

Qual o tempo limite para ficar estacionado?

O tempo máximo que um veículo pode ficar estacionado em uma mesma vaga é de duas horas. Após esse período é preciso retirar o veículo para não ser notificado.

Como será feita a fiscalização?

A fiscalização será feita pelos monitores de trânsito. Todos vão estar identificados com uniforme e crachás da empresa. Eles carregam um tablete com o sistema eletrônico do estacionamento e uma impressora portátil. Quando o monitor se deparar com algum veículo que está estacionado de forma irregular, por ausência de e ticket ou numa vaga de carga e descarga, será feito uma notificação. A notificação é chamada de Aviso de Irregularidade (AI). O condutor será comunicado por meio de um registro no para-brisa que sofreu uma penalidade.

O que fazer se for notificado?

O motorista que foi notificado terá o prazo de cinco dias para fazer a regulamentação no escritório da empresa que gerencia o Estacionamento Rotativo. O escritório fica no térreo da Galeria Zomer e Berger, no Centro da cidade. Para regulamentar, o motorista terá que pagar R$ 10, que serão revertidos em crédito virtual para que utilize no estacionamento.

Se ele não regulamentar em cinco dias, a notificação é encaminhada para o Departamento de Trânsito da cidade e receberá uma multa, de acordo com as leis do Código de Trânsito Brasileiro, de R$ 195,23 e cinco pontos na carteira.

Onde irá funcionar o Estacionamento Rotativo?

Funcionará em 13 ruas da área Central da cidade de Orleans, com um total de 809 vagas. Destas 595 serão destinadas para carros e 163 para motos. As vagas restantes serão distribuídas para idosos, deficientes, carga e descarga e paradas rápidas.

Qual o horário de funcionamento?

Funcionará de segunda a sexta-feira das 8h às 12h e das 13h30 até 17h30. Nos sábados, das 8h às 12h.

Notícias Relacionadas

Apoio ao candidato Vitorassi para eleição da Coorsel se intensifica durante reuniões com associados

Na noite de hoje (16), às 19h30min, os associados da comunidade de São Gabriel são convidados a participarem do encontro com os candidatos, em Treze de Maio.

Ex-secretário de Administração de Orleans e empresa tem bens bloqueados

Segundo o Ministério Público, Eduardo Bertoncini era responsável pela pasta na gestão do ex-prefeito Marco Antônio Bertoncini Cascaes

Índices de crimes caem bruscamente em Orleans

Segundo dados divulgados pela Polícia Civil, houve redução de 300% dos crimes de roubo e quase 30% do número de furtos.

Eleições 2020: PP estuda possíveis coligações para lançar candidatos ao Executivo de Orleans

O presidente do partido, Silvério Baggio, conversou com a Redação do Sul In Foco e destacou uma possível parceria com o PSD