Trânsito

Estado fará obra emergencial no trecho que dá acesso à Serra do Corvo Branco, em Grão-Pará

Segundo os prefeitos, a pista que já estava prejudicada pela erosão acabou cedendo depois das fortes chuvas que atingiram a região nos últimos dias.

Foto: Peterson Paul / Secom

Em reunião com os prefeitos de Grão Pará e Rio Fortuna, representantes da região Sul de Santa Catarina, o governador Moisés anunciou que o Estado, por meio da secretaria da Infraestrutura, vai assumir, de forma emergencial, a obra na SC-370, na altura do quilômetro 138, próximo à comunidade de Rio Pequeno, que dá acesso à Serra do Corvo Branco.

Segundo os prefeitos, a pista que já estava prejudicada pela erosão acabou cedendo depois das fortes chuvas que atingiram a região nos últimos dias. “A obra não poderá ser mais um paliativo, precisamos resolver o problema”, determinou o governador.

Durante a reunião, Moisés recebeu a informação do secretário da Infraestrutura, Carlos Hassler, de que será necessária a construção de galerias no local, com investimento de aproximadamente R$ 170 mil.

Atualização

Técnicos do Departamento Estadual da Infraestrutura (Deinfra) avaliaram a situação da SC-370, em Grão-Pará, na manhã desta segunda-feira, 4. A rodovia segue interditada e como alternativa os usuários podem utilizar a estrada vicinal por meio da ponte localizada na gruta do Rio Pequeno e retornar para a SC-370 atravessando a ponte em frente à igreja na comunidade do Rio Pequeno.

Destaca-se que o trecho da Serra do Corvo Branco, também na SC-370, permanece interditado. Na próxima quarta-feira, 6, a Secretaria de Estado da Defesa Civil (SDC) fará nova avaliação na rodovia. Em paralelo, técnicos da SDC estão elaborando um plano de trabalho para ações preventivas na Serra do Corvo Branco. O mesmo processo foi realizado na Serra do Rio do Rastro e resultou em um projeto orçado em cerca de R$ 20 milhões que serão repassados pelo Governo Federal.

Colaboração: Comunicação Governo de Santa Catarina

Notícias Relacionadas

Estado garantirá tratamento anual de R$ 2,7 milhões a criança de Laguna com AME, decide TJ

De acordo com os autos, a perícia médica comprovou que a criança, natural de Laguna, precisa do remédio e que inexiste, na rede pública de saúde, tratamento para a doença.

Estado libera recursos para pavimentação da última etapa de acesso à Barragem do Rio São Bento, em Siderópolis

Para o prefeito Cesa, foram muitos anos de espera por essas duas obras no município.

Estado indenizará cidadão equivocadamente anunciado como preso em nota de rede social em Sombrio

O Estado de Santa Catarina foi condenado a indenizar o homem, por danos morais, em R$ 5 mil

Justiça confirma resultado de licitação que gerou economia de R$ 12 milhões pela Saúde do Estado

A licitação foi realizada pela Secretaria da Saúde para fornecimento de ventilação domiciliar e tratamento de oxigenoterapia a pacientes catarinenses.