Geral

Estado quer que a Infraero administre os dois aeroportos do Sul

Em reunião na AMREC, os prefeitos da região receberam o secretário de Infraestrutura do Estado de Santa Catarina, João Carlos Ecker, para tratar da atual situação dos aeroportos do Sul de Santa Catarina. Segundo o secretário, a intenção do Estado é que a Infraero administre os Aeroportos Humberto Ghizzo Bortoluzzi, de Jaguaruna, e Diomício Freitas, Forquilhinha.

O contrato da Infraero para administrar o Aeroporto Forquilhinha vence no dia 31 de maio. Já o contrato do Estado com RDL, que administra de Jaguaruna, vence em junho. Segundo o secretário, a proposta é tentar renovar com a Infraero até o fim do ano e oferecer em contrapartida administração do Aeroporto de Jaguaruna a partir de janeiro. “Estamos trabalhando para que a Infraero administre o aeroporto de Jaguaruna”, garantiu Ecker. “Todos estamos numa situação difícil, e a Infraero pede reajuste e nós precisamos diminuir custos”, firmou.

Em Jaguaruna, a intenção é uma renovação de contrato com a RDL até o fim do ano e, depois, assumiria a Infraero. As empresas estão tendo prejuízos. Segundo o secretário, ainda existe a preocupação de manter as duas empresas operante no Sul do Estado, para incentivar a concorrência. “A concorrência é boa para o usuário, mas ruim para empresas que operam”, disse. “Vamos fazer o possível para renovar o contrato”, declarou o secretário, que ainda lembrou que os três voos (dois da Azul e um da TAM) tem lotação média acima de 70%, o que mostra a viabilidade das operações da empresas.

Com informações de Antonio Rozeng

  • cdb4799f507c3646477f6132ebcf5ebb
  • 24a821e54edd8a1eda8f8d36f2b3bbc1
  • 4e3035926e209cc1fe5777246ab1656c