Saúde

”Estamos numa catástrofe”, diz comunicado de hospital em SC

Hospital Regional São Paulo está com todos os setores lotados e admite que pacientes poderão esperar por atendimento na rua

Divulgação

O Hospital Regional São Paulo, referência na cidade de Xanxerê e municípios vizinhos no Oeste catarinense, emitiu no início da tarde desta terça-feira (2) um dos comunicados mais duros até hoje na pandemia do coronavírus. Em situação de colapso total e sem espaço para novos pacientes em qualquer setor, a unidade de saúde alerta: “vamos começar a perder vidas de muitos pacientes”.

O comunicado, divulgado nas redes sociais do hospital, explica que 100% dos espaços estão lotados. Todas as UTIs, ala de emergência, internação e até mesmo corredores. Somente na área de emergência, 35 pacientes estão internados, sendo que 20 já estão intubados e aguardam um leito de UTI Covid-19.

“Estamos vivendo o pior momento desde o início da pandemia da Covid-19. Não iremos viver uma catástrofe, já estamos nela. É o caos. É o limite. Do jeito que está, as equipes estão fazendo o que é possível, dentro do alcance e do que está disponível. Alcançamos o máximo das nossas possibilidades. Vamos começar a perder vidas de muitos pacientes. A comunidade precisa estar preparada. E não vai ser por falha de atendimento, vai ser por falta de acesso ao serviço de saúde que está lotado”, diz o texto.

O hospital diz que se desdobrou para atender a demanda crescente, mas não foi o suficiente. Agora, segundo o comunicado, existem pacientes em estado grave sendo atendidos em poltronas e ambientes improvisados. Em breve, diz o texto, pacientes terão que esperar do lado de fora:

“Estamos em um momento tão crítico, que será melhor para o paciente ficar aguardando atendimento dentro de uma ambulância do que dentro dos espaços da unidade hospitalar, o paciente terá mais suporte e recursos dentro da ambulância. Seria uma imprudência retirar o paciente do suporte que está recebendo na ambulância, com o aporte dos equipamentos de uma UTI Móvel e dos profissionais para atender esse paciente, do que receber ele no hospital”.

Ainda segundo o comunicado do Hospital Regional São Paulo, “os profissionais estão esgotados” e há também falta de insumos e equipamentos, mesmo com os repasses recentes de medicamentos, materiais e respiradores feitos pelo governo do Estado e também pelo Ministério da Saúde.

Oito pessoas já morreram na espera por leitos

Conforme a prefeitura de Xanxerê, o colapso na saúde já causou a morte de pelo menos oito pacientes com Covid-19 que morreram na espera por um leito de UTI na cidade. A última morte ocorreu no início da tarde desta terça, e a vítima era uma mulher de 39 anos que não tinha comorbidades. Ela estava internada na emergência do hospital, esperando por uma vaga de UTI.

Convocação de médicos

A prefeitura de Xanxerê publicou dois novos decretos no domingo (28) com medidas para o combate ao coronavírus. Além do fechamento das atividades não essenciais, o município decidiu convocar médicos da rede privada para atuar no sistema público.

Utilizando um dispositivo legal que está previsto na legislação estadual e nacional durante a pandemia, a prefeitura de Xanxerê está convocando médicos, fisioterapeutas e psicólogos da rede particular para que atuem no sistema público de saúde. A convocação vale para todos os profissionais da cidade e prevê multa e até sanções como a suspensão do alvará de clínicas aos que se negarem a responder.

Os médicos terão que prestar seis horas semanais de serviço pelas próximas duas semanas. Eles serão incluídos na escala da Secretaria de Saúde e encaminhados para atendimento no Hospital Regional São Paulo ou no ambulatório de campanha. Posteriormente, os médicos poderão exigir ou não a indenização pelas horas trabalhadas.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Atleta de ciclismo de Criciúma alcança primeiro lugar na 9ª Marathon Praia do Rosa

Competição foi realizada no último fim de semana

Secretaria da Educação publica edital para a chamada de 1,5 mil servidores efetivos

Esta será a sexta chamada do Concurso Público de Ingresso no Magistério Público Estadual

Homem é encontrado morto com dois tiros no peito, em Balneário Rincão

A vítima foi encontrada no cercado de uma residência coberto por uma manta, sem sinais vitais

Homem seminu passa por mulheres na rua e causa confusão em SC

Conforme a PM, quando as mulheres o viram passando na rua seminu, uma delas mostrou desaprovar a atitude, então o homem respondeu e eles se desentenderam