Educação

Estudante da Escola Barriga Verde realiza intercâmbio na Espanha

Desde o dia 22 de maio a estudante da Escola Barriga Verde – EBV, Liandra Della Gustina, viaja pela Espanha. O passeio é uma promoção da escola depois que ela participou do Programa Intercultural e-Culturas, desenvolvido por meio de uma parceria entre o Centro Universitário Barriga Verde – Unibave e a Universidade de Jaén – UJA. O objetivo da visita é ampliar o contato com a realidade espanhola, pesquisada e discutida por meio das atividades desenvolvidas de forma virtual pelo programa.

Durante os três primeiros dias da visita, a estudante teve oportunidade de visitar Madri, Toledo e Granada. Nessas cidades conheceu aspectos da cultura, incluindo a culinária, música e atividades de lazer, bem como sistemas eficientes de transporte e que facilitam a mobilidade, mesmo com o fluxo intenso da capital.

Durante todas as atividades, Liandra está sendo acompanhada do pai, Cinesio Della Gustina, da Pró-Reitora de Ensino de Graduação do Unibave e coordenadora do programa e-Culturas no Brasil, Marlene Zwierewicz, da Diretora de Educação Básica da EBV, professora Roselane D. Cachoeira e da estudante Kamilla Z. Godinho, que também participou do programa.

Nos próximos dias, a Liandra terá oportunidade de conhecer a Universidade de Jaén – UJA e o Grupo de Pesquisa IDEO, responsável pelo desenvolvimento do e-Culturas, visitando também escolas para conhecer estudantes que participam do programa. Além disso, visitará as cidades de Sevilha, Córdoba, Ubeda e Baeza.

Ao comentar a viagem, Liandra destaca diferenças na cultura em relação à sua realidade, especialmente a culinária e a arquitetura. “A experiência está sendo muito interessante, pois além de ampliar o conhecimento sobre a realidade espanhola, foi a primeira vez que andei de avião, metrô e trem. Foram muitas experiências bacanas em uma viagem só”, destacou a estudante.

A Pró-Reitora de Ensino de Graduação do Unibave, Marlene, destaca a importância do programa, pois além de estimular a interação entre estudantes do Brasil com outros países, as atividades estimulam o uso educativo das Tecnologias de Informação e Educação – TIC.

“O aprofundamento de conhecimentos discutidos em diferentes disciplinas fomentam a aprendizagem da língua estrangeira. No caso do intercâmbio da Liandra, é uma oportunidade especial, pois promove o acesso a tudo que a estudante havia acessado virtualmente. Acompanhá-la também é uma experiência única, pois a alegria ao vê-la abrindo horizontes para sua vida compensa todos os esforços” completou Marlene.

Colaboração: Comunicação Unibave

  • 36dcd826a3381f699f03952e9717c449
  • 17002ccf652e2719bd5bf8e9fc1c30a2
  • 40f1914a605cb764f4bd43d45f7b46ba
  • 3802bb3df9b1334ee056d645c332a394
  • 6289c29a88a7b635944cb748edba2d19