Geral

Ex-ministra do TSE assume a defesa de Seif no processo de cassação

Julgamento ocorre em 4 de abril

Foto::Divulgação

O senador Jorge Seif (PL-SC) mudou a defesa dele dentro do processo de cassação que tramita no Tribunal Superior Eleitoral (TSE), em Brasília. Com julgamento marcado para 4 de abril, como publicou a colega Dagmara Spautz em primeira mão, Seif terá como advogada a ex-ministra do próprio TSE Maria Claudia Bucchianeri Pinheiro.

Ela se habilitou oficialmente ao processo na última sexta-feira (22), e passa a ser a responsável pela atuação a favor do senador em Brasília. Até então, os advogados que o defendiam eram de Balneário Camboriú. Eles seguem no caso, mas os posicionamentos no TSE serão de responsabilidade de Maria Claudia. A advogado foi ministra entre 2021 e 2023, dentro das vagas de juristas, advindas da advocacia.

O Ministério Púbico Federal (MPF) se manifestou a favor da cassação do senador, concordando com pedido feito pela Coligação Bora Trabalhar, encabeçada pelo PSD. O ministro Floriano Marques é o relator e será o primeiro a votar no dia 4.

Com informações do NSC Total

Notícias Relacionadas

Resultado da Mega-Sena 2715 de hoje 20/04: confira os números sorteados

Prêmio de R$ 100 milhões em disputa na Mega-Sena; veja se você ganhou

Homem é preso por comprar fios de energia furtados

Homem é encontrado morto em casa abandonada em Araranguá

SC amanhece ‘congelante’ pelo 3º dia consecutivo e paisagens ficam totalmente brancas

Paisagens da Serra ficam congelantes e atraem a curiosidade de moradores e turistas