Segurança

Exército em busca dos responsáveis por roubo de fuzil, em Criciúma

Exército em busca de responsáveis por roubo de fuzil, em Criciúma

Foto: Melhores Publicações

Militares do Exército Brasileiro, com o apoio da Polícia Militar, estão em busca dos responsáveis pelo roubo fuzil levado em assalto, na noite dessa quinta-feira (23), no 28º Grupo de Artilharia e Campanha – GAC.

Ao total, 50 profissionais do Exército e 20 da Polícia Militar realizam operação na região do bairro Paraíso, envolvendo, inclusive, militares de folga.

Na ação, criminosos invadiram a unidade do Exército em Criciúma, localizada na Rodovia Luiz Rosso, renderam um soldado que estava fazendo vigilância e levaram o fuzil modelo imbel 762.

Ele estava fazendo rondas quando sentiu uma pancada na cabeça. Com isso, caiu no chão e foi agredido. O soldado foi ferido por faca, resultando em um dedo amputado. O Corpo de Bombeiros de Criciúma o encaminhou ao Hospital São José.

Notícias Relacionadas

Ciclista morre após ser atropelado na SC-285, em Araranguá

Morador de Lauro Müller é baleado durante assalto a ônibus de comerciantes na BR-101; Veja vídeos

Polícia Civil cumpre mandados contra suspeitos de latrocínio em Sombrio

Mulher encontrada morta em Balneário Arroio do Silva é identificada