Geral

Exposição jardim-interno marca reabertura dos espaços culturais da Fundação Cultural de Criciúma

Temporada 2020 da FCC inicia com a reabertura de seis locais culturais do município

Foto: Jéssica Rosso / Comunicação Fundação Cultural de Criciúma

A Fundação Cultural de Criciúma (FCC) abrirá seis espaços para apresentações de artistas locais e exposições culturais. A primeira exposição será o jardim-interno. A reabertura será realizada na próxima quarta-feira (27), às 20h, no Centro Cultural Jorge Zanatta, na Galeria Willy Zumblick.

“Em 2019, trabalhamos com projetos das galerias culturais. São seis espaços abertos à disposição da população de Criciúma para consumir a cultura e apreciar as obras de artes. Nessa temporada de 2020, o objetivo da reabertura é levar toda a cultura produzida na região”, afirmou o diretor cultural da FCC, Evandro Prêmoli.

Os espaços que receberão atrações são: Galeria Williy Zumblick, Galpão Cultural, Espaço Sócio Cultural do Ministério Público de Criciúma, Galeria Octávia Gaidzinski, Galeria vai ao Paço Municipal, Galeria vai a Praça Nereu Ramos.

Exposição Jardim-Interno

O Jardim-interno é uma exposição coletiva, contando com a participação de sete artistas: Dalpiaz, Angélica Neumaier, Helen Rampinelli, Iêda Topanotti, Janor Vasconcelos, Neusa Milanez, Odete Calderan e Claudia Zimmer. O projeto extrapola a ideia de uma área paisagística e elementos da natureza, mas também um espaço de cultivo de tudo que envolve o artístico. Durante a exposição será lançado a publicação do jardim-caderno.

Notícias Relacionadas

Último final de semana de 2019 marca o primeiro transplante renal do Sul do Estado

A cirurgia foi realizada no HSJosé em Criciúma, que há um ano se preparava para realização deste tipo de procedimento.

PRF alcança a marca de 200 veículos recuperados este ano em SC

Apesar da pandemia e da redução do fluxo nas rodovias em 2020, houve um aumento de 28% nas apreensões.

Embarque de 117 mil toneladas marca novo recorde para o Porto de Imbituba

O volume de granel sólido exportado em um único navio é o maior já realizado entre os portos da Região Sul do país, de acordo com os dados de 2010 a fevereiro de 2020.

Tempo instável marca início de junho em Santa Catarina

Deslocamento de uma frente fria provoca mudanças nesta segunda-feira.