Segurança

Família de modelo assassinada em Imbituba fará protesto

O acusado teria imobilizado a jovem e desferido diversos golpes em seu abdômen, que provocaram sua morte.

Foto: Divulgação

Adiada pelo mau tempo, a manifestação pelos 60 dias de morte de Isadora Viana Costa, de 22 anos, encontrada sem vida em Imbituba, tem nova data. A família e os amigos organizam um ato para o próximo final de semana, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul. As informações são do Diário do Sul.

O ato, segundo o pai da jovem, Rogério Froner Costa, é para pedir justiça. No domingo, dia 8 de julho, o assassinato de Isadora completou dois meses, e a família realizou uma missa na Igreja do Bonfim, em Santa Maria. Um dia antes, no sábado, a Polícia Civil de Imbituba cumpriu o mandado de busca e apreensão ao quarto do namorado da jovem, que é acusado de matá-la. De acordo com a polícia, o mandado foi um pedido feito pelo Ministério Público.

No quarto onde atualmente vive o acusado, em um hotel na Praia do Rosa, os policiais apreenderam cinco garrafas de vinho, duas garrafas de cerveja, dez comandas de consumação contendo consumo de bebidas alcoólicas e um extrato de conta do hotel. O celular do acusado não estava no local e, conforme a polícia, ele disse que perdeu dias antes.

As investigações sobre o crime já foram concluídas, e o Ministério Público de Imbituba já denunciou o acusado por homicídio qualificado por feminicídio, conforme o DS trouxe em reportagem no dia 5. Isadora, segundo o MP, foi assassinada no apartamento do namorado.

“Precisamos que o caso não seja esquecido e todos os fatos sejam noticiados, para que pressionemos a justiça pela nossa filha. Isso é o que nos move no momento diante de tanta dor”, fala o pai. Na cidade em que a jovem morava com a família, em Santa Maria, outros atos já foram realizados em busca de justiça.

Foto: Divulgação

Isadora teria vindo pela primeira vez a Imbituba

De acordo com o pai de Isadora, foi a primeira vez que a jovem veio a Imbituba. Isadora, segundo o MP, diante do laudo de necropsia, foi agredida. O acusado teria imobilizado a jovem e desferido diversos golpes em seu abdômen, que provocaram sua morte.

Notícias Relacionadas

Bombeiros comemoram três anos sem mortes por afogamento durante Operação Veraneio

Em contrapartida, casos de queimaduras com águas-vivas passaram dos 15 mil nas praias de Garopaba, Imbituba, Jaguaruna e Laguna durante toda a Operação Veraneio.

Jovem embriagado bate carro e dirige por 3 km com pneus estourados em Urussanga

Motorista de 19 anos colidiu antes em barranco na SC-445. Segundo a PMRv, ele tinha saído de uma festa onde passou a madrugada, momentos antes do acidente.

Defesa Civil mantem alerta para riscos de alagamentos e deslizamentos

Residências de Imbituba registraram problemas. A principal recomendação de precaução é para que as pessoas evitem contato com a água em locais inundados.

Associações empresariais do Sul se manifestam pela permanência de voos da Azul

Manifesto será enviado nesta sexta-feira solicitando que a companhia continue com os horários de voos atuais entre Jaguaruna e São Paulo.