Geral

Família faz boneco de neve de 1,20 metro em São Joaquim

Cidade da Serra catarinense registrou neve e marcou temperaturas negativas na noite de terça (17).

Foto: Rodrigo Rocha

Uma família de São Joaquim, na região serrana de Santa Catarina, aproveitou a neve da noite de terça-feira (17) para fazer um boneco de 1,20 metro (vídeo acima). Rodrigo Rocha, mostra que o personagem quase alcançou a altura do filho mais novo, de 6 anos, que mede 1,23 metro.

Embora, durante os meses mais frios, o fenômeno aconteça com certa periodicidade na Serra catarinense, Rocha conta que os dois filhos, de 11 e 6 anos, estavam eufóricos com a intensidade da neve registrada na terça-feira.

“Peguei eles e minha esposa Juliana e fomos dar umas voltas na cidade pra apreciar o espetáculo. Quando estávamos voltando pra casa, resolvi passar em um lugar mais alto da cidade onde imaginei que teria mais neve acumulada. Daí descemos e começamos fazer uma bola de neve. Então surgiu a ideia de fazer o boneco”, relata.
Durante a terça-feira, a neve foi vista duas vezes em Santa Catarina, pela manhã e à noite. Além de São Joaquim, o fenômeno ocorreu também em Lages, Bom Jardim da Serra, Urubici, Urupema e Rio Rufino. Há condições para que o fenômeno se repita até quinta (19).

Por volta das 22h, termômetros da cidade marcavam -0,4°C, segundo a Epagri/Ciram, órgão que monitora as condições meteorológicas do estado.

A brincadeira, segundo o pai, aconteceu por volta das 23h30. “Foi uma lembrança muito legal, pois sei que meus filhos irão lembrar a vida inteira”, comenta.

Mais bonecos de neve

Quem também se aventurou na produção de bonecos de neve foi o fotógrafo Mycchel Legnaghi, de 38 anos, conhecido por capturar os cenários invernais de São Joaquim. Sempre, durante ocorrências de neve e geada, ele aproveita para fazer bonecos de neve ou de gelo.

Na noite de terça, o ‘Nevaldo’, como foi batizado o boneco de neve do fotógrafo, reapareceu em cima de um carro tomado de neve. Ele ganhou chapéu de palha e cachecol.

Previsão de neve

A previsão de neve continua para Santa Catarina, segundo a Epagri/Ciram. Nesta quarta-feira (18), o fenômeno pode ocorrer nas partes mais altas do Oeste e Norte catarinenses. Nesta madrugada, houve registro em Urupema e Urubici.

A massa de ar frio com origem polar que chegou a Santa Catarina na segunda (16) derrubou as temperaturas no estado. Além das baixas temperaturas, próximas de 0°C, para ocorrer a neve é preciso alta umidade do ar.

Na madrugada de quinta, a possibilidade vale para a Serra, segundo o órgão.

Com informações do G1

Notícias Relacionadas

Previsão do tempo: Chuva e frio intenso de origem polar aumentam chance de neve em SC

O frio intenso e a alta umidade irão favorecer a condição de neve em algumas regiões na quinta (20), e na sexta-feira (21).

Após registro de neve, rodovias estaduais amanhecem com pontos de congelamento na pista; veja fotos

A Serra do Rio do Rastro e a Serra do Corvo Branco estão entre os locais com pontos com formação de gelo sobre a pista.

Neve e frio intenso: O início perfeito para o Festival de Inverno em São Joaquim

Na madrugada deste domingo (7), a temperatura despencou e os termômetros chegaram a marcar -8°C.

Chance de neve na Serra de SC entre quinta e sexta-feira, aponta Epagri/Ciram