Geral

Fechar Complexo Termelétrico Jorge Lacerda, em Capivari de Baixo, não é alternativa neste momento

Complexo Termelétrico Jorge Lacerda, em Capivari de Baixo

Foto: Edu Lyra

No mês passado, a Engie anunciou que deu início a uma sondagem de mercado para identificar potenciais compradores para o Complexo Termelétrico Jorge Lacerda, localizado em Capivari de Baixo, e para a Usina Termelétrica Pampa Sul, em implantação no Rio Grande do Sul, deixando muitos apreensivos na região.

Grande gerador de emprego e renda para Capivari de Baixo e região, a pergunta que todos se fizeram é se o complexo pode acabar fechando as portas. O diretor-presidente da Engie Brasil Energia, Eduardo Sattamini, afirma que não, pelo menos neste momento.

“O Complexo Jorge Lacerda é um ativo lucrativo e Pampa Sul também será. Se as ofertas não atingirem o que a Engie espera, a empresa seguirá operando ou tentará encontrar compradores mais para a frente”, afirma.

Sobre a possibilidade de desativação do complexo, Sattamini diz que no momento não há esta previsão, embora a descarbonização da geração de energia da empresa seja sim uma meta, o que mostra que não está descartada a possibilidade de fechamento no futuro.

“O que há é o objetivo estratégico de responder à descarbonização da geração de energia, deixando a propriedade e operação de usinas a carvão. No Brasil, a Engie entendeu que o momento mais adequado é agora. Mas volto a ressaltar que estamos fazendo uma prospecção de vendas”, coloca o diretor-presidente.

Sattamini também afirma que não há ainda possíveis compradores para o Jorge Lacerda. “A empresa nomeou o banco Morgan Stanley para fazer a sondagem junto a potenciais investidores interessados na aquisição do CTJL e de Pampa Sul. Esse processo de sondagem se inicia no começo de março e, consequentemente, não existe a informação sobre empresas já interessadas”, explica.

Usinas

O diretor-presidente da Engie comenta ainda que a empresa não deve deixar a região, se a venda do Jorge Lacerda for efetivada, pois segue operando as usinas localizadas em Tubarão. “A venda do CTJL não inclui a Usina Solar Cidade Azul e a Usina Eólica Tubarão, ambas com 3 MW de capacidade instalada, e localizadas no município de Tubarão, já que elas não integram o Complexo Termelétrico Jorge Lacerda”, aponta.

Com informações do Portal Diário do Sul

Notícias Relacionadas

Parque Encantos do Sul: Gestores querem tornar em centro regional

Inaugurado em 2013, o Parque Ambiental Encantos do Sul busca formas de atrair moradores de toda a região.

Ex-aluno Satc, diretor da Engie fala de sua trajetória a acadêmicos

A relação da escola para a carreira profissional e para a vida foram temas da palestra.

Livro com biografa do ex-presidente da Tractebel, Manoel Zaroni, será lançado

Executivo foi escolhido o quarto melhor da América Latina e o 29º do planeta.

Avançam as negociações para a venda de Complexo Jorge Lacerda, em Capivari