Geral

Feira da Agricultura Familiar retoma as atividades a partir desta quinta-feira, no Paço Municipal Marcos Rovaris

Encontros ocorrem semanalmente, com sede alternada entre a Prefeitura e o estádio Heriberto Hulse

Divulgação

A Feira da Agricultura Familiar retoma as atividades a partir desta quinta-feira (3), em frente ao Paço Municipal Marcos Rovaris. Durante a feira, agricultores da região tem a oportunidade de ofertar produtos direto da roça e produzidos por eles. Os encontros acontecem nas quintas feiras de forma alternada, em frente ao Paço Municipal e no estádio Heriberto Hulse, das 8h às 12h.

“Estamos bem contentes em trazer novamente a feira para os clientes de toda a região. Ela representa a diversidade e solidez da nossa agricultura e quem trabalha no Paço gosta muito de passar por ela e levar algum produto”, contou o gerente de Agricultura e Agronegócio, Vanderlei Zilli.

Entre as opções disponíveis para compra estarão bolos, cucas, biscoitos, doces, verduras, legumes, frutas, embutidos, derivados de milho, temperos e filé de tilápia. A feira é uma iniciativa da Gerência de Agricultura e Agronegócio de Criciúma, em parceria com a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de SC (Epagri), e com agricultores da região. É obrigatório o uso de máscaras e a Gerência orienta que o cidadão leve sua sacola.

Próximas Feiras:

– 03/03 | Paço Municipal

– 10/03 | Estádio Heriberto Hülse

– 17/03 | Paço Municipal

– 24/03 | Estádio Heriberto Hülse

Notícias Relacionadas

Cidade de SC oferece abrigo emergencial para pessoas em situação de rua após alerta de frio intenso

Estrutura é aberta nas noites de forte frio, quando as temperaturas ficam abaixo de 10 ºC; nesses dias, as abordagens e atendimentos são feitos das 19h às 7h

Estado anuncia que ampliará leitos de UTI infantil

Unidades de Terapia Intensiva para bebês e crianças enfrentam problema de superlotação em SC

Sensação térmica pode chegar a -20°C na Serra de SC; saiba como se proteger

O frio intenso que atinge Santa Catarina nesta semana pode provocar sensações térmicas abaixo de 0°C em algumas cidades do Estado. No alto da Serra, a previsão é de que moradores sintam frio de até -20°C.

Pão e macarrão podem ficar mais caros em SC com onda de calor na Índia

Segundo maior produtor de trigo do mundo, país bloqueou as exportações do produto por conta da seca