Geral

Feira da Agricultura Familiar será realizada nesta quinta-feira na prefeitura

Feirantes estarão reunidos ao lado da entrada do Paço Municipal, das 8h às 13h

Divulgação

A Feira da Agricultura Familiar de Criciúma ocorrerá nesta quinta (02), das 8h às 13h. Os feirantes estarão próximos à entrada do Paço Municipal Marcos Rovaris, para ofertar seus produtos diretamente à população. Disponíveis para compra estarão biscoitos, bolos, cucas, tilápias, frutas e verduras.

“Estamos bem contentes em trazer novamente a feira para os clientes de toda a região. Ela representa a diversidade e solidez da nossa agricultura”, afirmou o gerente de Agricultura e Agronegócio de Criciúma, Vanderlei Zilli. Para ele, além do simbolismo e importância econômica, o encontro tem também valor sentimental. “A feirinha virou uma tradição local, ela é muito querida por quem trabalha na prefeitura e nos arredores do Parque Altair Guidi. Por aqui, buscamos sempre auxiliar os comerciantes na organização de suas bancadas e no que mais precisarem”, ressaltou.

A feira é uma iniciativa da Gerência de Agricultura e Agronegócio de Criciúma, em parceria com a Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de SC (Epagri), e com agricultores da região. O uso de máscara é obrigatório, álcool em gel estará disponível no local e o distanciamento social deve ser respeitado.

Notícias Relacionadas

Corpo de Bombeiros de Tubarão e de Armazém atuam no desencarceramento de vítima na SC-370, em Gravatal

Uma mulher ficou presa às ferragens, mas não apresentou ferimentos grave, em colisão frontal entre um carro e um caminhão.

Revista Legislativa

Nesta 27ª edição de 2021, participam os vereadores Guilherme Coan (PP) e Manoel Leandro Filho (MDB).

Polícia Civil de Orleans prende autor de violência doméstica

A mulher procurou a Delegacia de Polícia, ainda com sangramento no nariz; os policiais civis foram até a residência e deram voz de prisão ao homem.

PM de Orleans atende vítima de violência doméstica e cárcere privado e localiza o acusado

A mulher estava com vários hematomas pelo corpo e no rosto, com muito medo e queria voltar para sua cidade, em São Paulo.