Entretenimento

Festa do Vinho movimenta economia local

A rede hoteleira de Urussanga e cidades vizinhas, por exemplo, é favorecida diretamente pelo sucesso do evento.

Dona Terezinha Possenti, de Urussanga, sabe que sua pousada precisa estar bem preparada para atender à demanda em tempos de Festa do Vinho.

Isso porque, tradicionalmente, o evento atrai muitos visitantes à cidade e a economia local sente os reflexos do grande movimento. Restaurantes, lojas e, principalmente hospedagens, se preparam para receber bem os clientes.

Muitos hotéis da cidade e de municípios vizinhos já estão sem vagas disponíveis há um bom tempo. O mesmo acontece com pousadas, que recebem hóspedes de várias partes do país e também do exterior. A Casa de Hóspedes Dona Alice, administrada por Terezinha, recebe, por exemplo, pessoas de São Paulo, Bahia, Mato Grosso e também da Itália.

“Se eu tivesse mais três pousadas, todas estariam lotadas. Sempre temos bastante movimento, mas no período que antecede a Festa, a procura é muito grande. Além daqueles que vêm pela primeira vez, muitos voltam em todas as edições do evento”, explica a anfitriã.

Ainda de acordo com a urussanguense, o perfil dos clientes é bastante variado, já que a Festa do Vinho oferece uma grande diversidade de atrações. Há quem vá ao evento por causa do vinho ou pela gastronomia. Tem também os que buscam os grandes shows.

Esta edição, inclusive, é um prato cheio para os apaixonados pela boa música. Estão na programação: Marcus e Belutti, Lucas Lucco, Thaeme e Tiago, Ivete Sangalo, Skank e Padre Alessandro Campos. 

Colaboração: Tadeu Spilere – Ápice Comunicação

  • e07e257258db013c3ff9c2f46c4ca12c
  • 7567f5225c6259bd0db38e10623188fe