Esporte

Figueirense está rebaixado à Série C do campeonato brasileiro

No complemento da penúltima rodada da Série B, o Vitória-BA bateu o Botafogo-SP por 1 a 0 e consolidou sua permanência na Segundona; Figueirense vai para última rodada para cumprir tabela

Divulgação

O que era uma iminência virou realidade: o Figueirense vai jogar à Série C em 2021. A confirmação veio na noite desta terça-feira (26) onde, no fechamento da penúltima rodada, o Vitória-BA bateu o Botafogo-SP pelo placar de 1 a 0 e dizimou as chances de permanência alvinegra na segunda divisão.

Com o resultado os baianos pularam para 45 pontos e não poderão mais ser alcançados pelo Furacão do Estreito. O time da Bahia ainda pulou para a 15ª posição e empurrou o Náutico, para a beira do precipício. Com 43 o timbu também não poderá mais ser alcançado na tabela de classificação.

Era o jogo mais importante da história do Figueirense, sem a presença do time em campo. No encerramento da 37ª rodada, por deméritos próprios, o Furacão requeria uma combinação de resultados para chegar à última rodada respirando por aparelhos.

Série C: uma realidade

O início da noite até começou com um bom sinal: o Paraná, que tinha chance de inclusive superar o Figueirense na tabela de classificação e aumentar a concorrência pela permanência, foi derrotado pelo lanterna e já rebaixado Oeste, em Barueri, por 1 a 0. O time paranista, com o resultado, suplantou suas chances matemáticas e “morreu” para a disputa final.

A jornada seria completa se, nesse caso, o também rebaixado e vice-lanterna, Botafogo-SP, “aprontasse” para cima do Vitória. Com três pontos a menos que o rubro-negro baiano, o Furacão não poderia ver sequer um empate entre baianos e paulistas.

Depois de um primeiro tempo onde só um time jogou, a segunda etapa, rapidamente, foi devidamente premiada: aos 15’ minutos uma falta fora cobrada do campo de ataque, lado esquerdo, onde o zagueiro Robson acabou testando para a própria rede.

Se o empate já era ruim a vitória do Vitória ficou ainda pior. Sem força e sequer motivação, o tricolor paulista não teve condições de buscar uma reação. Final de jogo em Salvador (BA). Com o triunfo o Vitória escapa da degola e empurra o Figueirense para a terceira divisão 21 anos depois.

Cumprimento de tabela

A Série C será uma realidade. E para piorar: no ano do centenário do clube. Ao passo que lambe suas feridas de olho em uma temporada que já começou, o Figueirense ainda fecha sua participação na Segundona na sexta-feira, às 21h30, em Florianópolis.

O duelo da vez será contra a Ponte Preta, que também não almeja mais nada na competição.

Notícias Relacionadas

Fapesc investe R$ 1 milhão em novos estudos para produção de vinho e uva em SC

A produção de uvas e vinho abrange ainda uma área de cultivo de cerca de 6 mil hectares em diferentes regiões. Só de vinícolas, são 95 empresas registradas no Estado

Profissionais da Assistência Social passam por minicurso sobre abordagem antirracista em Criciúma

Palestra foi ministrada por três profissionais da área da Educação e Direito e ocorreu no Salão Ouro Negro

24 horas: Um sonho de 30 anos realizado em Cocal do Sul

A inauguração será neste domingo (26), às 18h, no dia do aniversário de 30 anos de Cocal do Sul

Edital Cultura Criciúma contemplará 30 projetos com R$ 133 mil

Inscrições podem ser feitas até o dia 22 de outubro. Objetivo é incentivar atividades culturais na cidade