Saúde

Fila de espera em hospital infantil ultrapassa oito horas em Florianópolis

Secretaria de Estado de Saúde informou que esses casos "são considerados não urgentes" e que a lotação é devido ao aumento de doenças respiratórias por causa da mudança de temperatura

Divulgação

Pais relatam espera de mais de oito horas para atendimento dos filhos no Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis, nesta segunda-feira (16). Uma foto do painel da casa de saúde mostra que pacientes que chegaram por volta das 13h ainda não tinham sido atendidos às 21h. A Secretaria de Estado de Saúde informou que esses casos “são considerados não urgentes” e que a lotação é devido ao aumento de doenças respiratórias por causa da mudança de temperatura.

Claudia da Silveira chegou com o filho, de nove anos, ao local às 20h e se surpreendeu com a demora.

— Tem bastante gente que já tá até desistindo, tá indo embora. Tem crianças chorando de dor no estômago indo embora. Isso é um descaso, tem pais até chorando que eles não tão atendendo. Meu Deus, é muita tristeza, muito sofrimento, tem muita criança chorando. E tá cada vez mais lotado — desabafou.

Um vídeo do local mostra a emergência cheia, com pais e bebês sentados no chão ou encostados em pé na parede.

— Isso aqui tá uma loucura, muita gente. Eles não chamam, eles levam um tempo pra chamar, dizem que o sistema caiu. Quando o sistema cai aí mesmo que leva duas horas pra chamar uma pessoa — contou Claudia.

— Mas tem que esperar né, fazer o que, a gente tem que esperar — reforçou.

De acordo com a Secretaria de Saúde de Santa Catarina, o motivo da lotação é o aumento de doenças respiratórias nessa época do ano, que sobrecarregou a rede de atenção primaria – isto é, Unidades Básicas de Saúde (UBS) e Unidades de Pronto Atendimento (UPA).

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Pesquisa inédita de geração de energia tem bons resultados em Santa Catarina

Estudo desenvolvido no Sul do Estado busca tecnologia viável economicamente para realizar a captura de dióxido de carbono em indústrias de geração de energia a base de carvão

Morte de duas crianças em condomínio de Criciúma é investigada

Equipes da Vigilância Sanitária encontraram fezes de rato e barata em duas caixa d'águas próximas ao local

Ciclista é atropelado por motorista em fuga que transportava 211 kg de droga em SC

Segundo informações da PRF, o motorista foi preso; o caso aconteceu em Joinville, no Norte do estado

SC tem mínima abaixo de -3ºC e geada no 1º dia de julho

Em Bom Jardim da Serra, às 6h os termômetros marcaram -3,41ºC. Em São Joaquim, a míníma foi de -3,2ºC na localidade do Vale do Caminhos da Neve.