Geral

Fiscal à paisana em banco de SC flagra longa espera e aplica multa de R$ 100 mil

Agência terá de adotar melhorias sob risco de ter as portas fechadas pela fiscalização

Divulgação

Uma agência bancária de Blumenau foi multada em R$ 100 mil por deixar os clientes em uma longa espera, muitos deles na fila, sem senha, do lado de fora. O mau atendimento também foi motivo de punição. A situação foi constatada pelo coordenador do Procon, que estava no local à paisana. Em nota, a empresa disse que respeita as normas municipais.

Nesta segunda-feira (13), o coordenador do Procon de Blumenau, André da Cunha, foi ao banco Santander, no bairro Itoupava Norte, e enfrentou a fila que se formou antes da porta giratória, incluindo na calçada do estabelecimento. Ele conta que chegou a exigir uma senha, mas não recebeu. Ao conversar com outros clientes, soube que a espera chegava a duas horas. Uma lei municipal em vigor desde 2005 estabelece que em dias “normais” o consumidor deve esperar no máximo 20 minutos para ser atendido.

— Escolhi ir naquela agência porque já havíamos recebido várias reclamações. Foi multada pela demora, pelo descaso com os clientes e pelo mau atendimento — detalha André.

Do lado de dentro, havia dois funcionários atendendo o público, lembra o coordenador, e dez lugares para os clientes sentarem. André orientou que espaços ociosos fossem ocupados, respeitando o distanciamento por conta da pandemia, para que todos pudessem entrar e aguardar com o mínimo de conforto.

O banco foi multado por causa das cerca de dez pessoas que ficaram mais de 20 minutos esperando, conforme cálculo estipulado em tabela, e pelo mau tratamento dado aos clientes, incluindo André, enquanto estava à paisana. A agência foi multada na segunda e nesta terça-feira (14) uma notificação deve ser entregue para exigir mudanças, como aumento no número de funcionários para receber o público e o fim da fila fora da unidade.

As melhorias precisam ser adotadas em 24 horas, sob risco da agência ser fechada por tempo indeterminado, alerta o André. Ele reforça que caso algum morador flagre situação semelhante em outros bancos, denúncias podem ser feitas pelo WhatsApp, no número (47) 9.9920-0083.

Contraponto

Em nota, o Santander informou que “trabalha continuamente na melhoria dos seus processos, ofertas e atendimento, e respeita as normas de cada município em que está presente, de modo a garantir a satisfação de todos os consumidores”.

Com informações do NSCTotal

Notícias Relacionadas

Saúde lança nova versão da caderneta de saúde para crianças

Novo modelo será enviado aos estados e municipios até março

Cachoeira é interditada por tempo indeterminado após queda que matou jovem em SC

Leticia Silva Budal, de 20 anos, morreu após cair aproximadamente 50 metros dentro da cachoeira

SC tem 20 vezes mais pacientes em tratamento contra Covid do que no Natal

Em 25 de dezembro, estado tinha 1.987 casos ativos contra 45.915 de sexta-feira. SC enfrenta filas nos postos de saúde e unidades fechadas por causa do afastamento de profissionais da área.

Um ano de vacinação contra Covid-19 com início da imunização de crianças

A vacinação de crianças de 5 a 11 anos é a forma que SC celebra data