Geral

Gasolina mais barata teve queda de R$ 0,58 em um mês

São 10 preços diferentes, chegando a variação de 11%.

Divulgação

Novo ranking realizado pela Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) de Criciúma ontem aponta que a gasolina comum mais barata na cidade está sendo comercializada a R$ 3,81 em dois postos. Já a mais cara fica na casa dos R$ 4,09, também em dois estabelecimentos, chegando a variação de 7%. A aditivada mais em conta custa R$ 3,81 enquanto cara é R$ 4,59. A variação no produto é bem maior: 17%, ou seja, 22 preços diferentes. Já o diesel mais barato é vendido a R$ 3,22 e o mais caro R$ 3,69. São 10 preços diferentes, chegando a variação de 11%.

O coordenador do órgão, Gustavo Colle destaca que a repercussão com relação a redução de mais de 10% anunciada pela Petrobras, a pressão popular, o concorrência, juntamente com nosso ofício enviado à Agência Nacional do Petróleo (ANP) contribuíram para a queda no preço. “Questionamos porque as distribuidoras não estavam repassando o percentual aos postos de combustíveis e isso ajudou. Hoje o combustível comercializado em Criciúma está entre os mais baratos do estado”, comenta.

A gasolina comum mais barata variou R$ 0,58 entre o dia 30 de maio e 25 de junho, conforme rankings feitos pelo Procon. Já a mais cara teve diminuição de R$ 0,55 no mesmo período. A aditivada mais em conta teve queda de R$ 0,60 enquanto a mais cara R$ 0,10.

Porém, segundo Colle, o ofício enviado à ANP ainda não foi respondido. “Vamos esperar até sexta-feira, caso não seja respondido, vamos enviar outro ofício”, fala.

Em 2016, a Petrobras adotou por política de preços a respeito da gasolina a fixação conforme os valores praticados pelo mercado, ocorrendo oscilações, até mesmo diariamente. “Por conta da atual política de preços, nos aproximados sete meses em que a pesquisa é realizada, o litro da gasolina já chegou a ser comercializado por R$ 3,50 no início do mês de fevereiro de 2019, sendo que, atualmente, após diversas oscilações a maior é, na média, comercializado por R$ 4,37 o litro”, finaliza Colle.

Com informações do site DNSul

Notícias Relacionadas

Procon autua posto de combustíveis por preço abusivo em Criciúma

Operação irá fiscalizar 40 estabelecimentos do município, três já foram autuados.

Tribunal de Justiça mantém multa superior a R$ 1 milhão aplicada por Procon em financeira de Criciúma

A empresa foi penalizada, na seara administrativa, por práticas contrárias às normas consumeristas

Com Selic em queda, poupança pode passar a render menos que a inflação

Isso pode acontecer porque os rendimentos da poupança são 70% da Selic, mais a Taxa Referencial (TR), que está zerada.

Suspeito de furto sobrevive ao cair de telhado de empresa em Tubarão

Vítima foi encontrada pelo proprietário da empresa. Segundo informações, indivíduo estava com hálito alcoólico.