Geral

Gasolina mais cara chegando nas bombas

Crise com o petróleo na Arábia Saudita começa a refletir no bolso dos criciumenses.

Divulgação

Os postos de combustíveis começaram a acusar aumento no preço do litro da gasolina nas últimas horas. “É consequência do reajuste de 3,5% nos valores anunciado pela Petrobrás”, confirma o coordenador do Procon Criciúma, Gustavo Colle. “Alguns revendedores já começaram a repassar o índice”, destaca. A Petrobrás argumenta que o ataque a refinarias na Arábia Saudita ocasiona um desequilíbrio no mercado internacional que atinge as cotações no Brasil.

Para atestar o aumento que já vem sendo percebido nas bombas, o Procon Criciúma coloca os fiscais na rua para nova pesquisa semanal nesta quinta-feira, 26. Postos que cobravam R$ 3,69 o litro da gasolina comum estão praticando valores de até R$ 3,96. Em outros lugares o litro vai chegando a até R$ 4,19.

“Na semana passada um posto já havia repassado. Vamos pedir, nessa nova fiscalização, as notas fiscais para verificar as últimas compras e os valores pagos, para checar se a variação ficou nessa margem de 3,5% repassada pela Petrobrás”, informa o coordenador.

No último levantamento, do dia 20, o litro da gasolina comum variava entre R$ 3,69 e R$ 3,99 e a gasolina aditivada de R$ 3,75 a R$ 4,35.

Com informações do site 4oito 

Notícias Relacionadas

Procon autua posto de combustíveis por preço abusivo em Criciúma

Operação irá fiscalizar 40 estabelecimentos do município, três já foram autuados.

Postos já registram falta de gasolina e diesel, em Orleans e Lauro Müller

Após ameaças, abastecimento de combustível é suspenso na região da AMESC

Combustível exclusivo para a saúde e segurança pública chega a Orleans

O combustível não será disponibilizados para veículos particulares.