Geral

Gasolina ultrapassa R$ 6 o litro no centro de Criciúma

Alguns postos já repassaram o reajuste anunciado na sexta-feira aos consumidores, outros devem aplicá-lo ainda nesta segunda. Preços variam por estabelecimento.

Divulgação

Encher o tanque está ainda mais caro. Outra vez, o valor da gasolina aumenta nos postos de combustíveis. Isso porque, a Petrobras anunciou um reajuste na sexta-feira, desta vez de 7,2%, que já reflete nas bombas desde sábado. Alguns estabelecimentos de Criciúma já praticam o novo preço, enquanto outros devem aplicá-lo ainda nesta segunda-feira.

“Infelizmente, a Petrobras anunciou mais um aumento na gasolina, agora, de 7,2%. Segundo eles, em razão do aumento do barril de petróleo e também da cotação alta no valor do dólar. Foi um aumento muito expressivo, fica muito difícil para os estabelecimentos absorverem, ainda mais que já tinha sido absorvido outro aumento”, comenta o proprietário de um posto de combustíveis de Criciúma, Paulo Roberto Benedet.

O preço médio da gasolina passa de R$ 2,78 para R$ 2,98 para as distribuidoras, refletindo em um reajuste médio de R$ 0,20 por litro. Em Criciúma, conforme informações apuradas nesse domingo, os valores variam entre R$ 5,97 e R$ 6,21 em alguns postos da área central do município. A Petrobras, desta vez, não anunciou alta em outros combustíveis.

“Acredito que a maioria dos postos deve passar o reajuste integral do aumento. Em muitos estabelecimentos já vi que repassaram. Acredito que muitos outros já devem estar com esses novos valores nesta segunda-feira. Mesmo porque, os estoques são abastecidos quase que diariamente, então os postos já compram com o novo preço”, acrescenta Benedet.

Para a gasolina, o período de estabilidade nos preços foi de 58 dias. “Está bastante complicado para a revenda, em função deste alto valor do combustível. O consumo vem retraindo em razão de o preço ser muito alto e os revendedores não conseguem reestabelecer as suas margens. Cada aumento, a gente vê a nossa margem encurtando ainda mais em termos de percentual”, finaliza o proprietário do posto.

Em nota, a Petrobras esclarece que elevação reflete os patamares internacionais de preços de petróleo, “impactados pela oferta limitada frente ao crescimento da demanda mundial”, e a taxa de câmbio, “dado o fortalecimento do dólar em âmbito global”.

Ainda conforme o anúncio da empresa, os novos ajustes “são importantes para garantir que o mercado siga sendo suprido em bases econômicas e sem riscos de desabastecimento pelos diferentes atores responsáveis pelo atendimento às diversas regiões brasileiras”.

Com informações do site TNSul

Notícias Relacionadas

Procon autua posto de combustíveis por preço abusivo em Criciúma

Operação irá fiscalizar 40 estabelecimentos do município, três já foram autuados.

Câmera registra momento em que jovem colide moto contra árvore em Orleans; VEJA VÍDEO

Adolescente de 17 anos continua internado em estado grave.

Compre Digital do Comércio Local: campanha ultrapassa o número de 250 lojistas cadastrados em Criciúma

Mesmo com a reabertura do comércio, plataforma continuou a ter ampla adesão, chegando a três mil clientes até o momento

Coronavírus em SC: Polícia Militar ultrapassa 100 mil fiscalizações no trabalho de combate à Covid-19

1.701 estabelecimentos foram notificados e 76 foram interditados.