Norte

Gestante e bebê morrem após mulher levar um choque elétrico em Jaraguá do Sul

Médico do helicóptero Arcanjo 3 realizou cesária de emergência no local

Divulgação

Uma mulher de 33 anos e uma bebê recém-nascida morreram na tarde desta sexta-feira (13), em Jaraguá do Sul. A mãe grávida de oito meses recebeu uma descarga elétrica e uma cesariana de emergência foi feita no local. A ocorrência foi registrada na rua José Picolli, no bairro Estrada Nova.

O Corpo de Bombeiros Voluntários foi chamado para atender a ocorrência às 12h14. A Unidade de Suporte Básico do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e o helicóptero Arcanjo 3, do Batalhão Operações Aéreas do Corpo de Bombeiros Militar, foram chamados para dar apoio para a ocorrência.

A vítima entrou em parada cardiorrespiratória e os socorristas realizaram manobras de reanimação cardiopulmonar. O médico do helicóptero Arcanjo 3 fez uma cesariana de emergência no local da ocorrência.

A mãe não resistiu entrou em óbito. Os socorristas do Samu e os bombeiros continuaram as manobras de reanimação na criança, mas ela também morreu. O IGP (Instituto Geral de Perícias) fez a perícia e removeu os dois corpos para o IML (Instituto Médico Legal) de Jaraguá do Sul.

Com informações do OCPNews

Notícias Relacionadas

Coorsel recebe mais uma recertificação da ISO 9001:2015

Certificado comprova a qualidade da gestão e o compromisso com o aperfeiçoamento contínuo dos processos.

Calhamaço de obras: Prefeitura de Braço do Norte encerra terceira semana de ações

Para a próxima semana já estão programadas entregas de ordens de serviços para pavimentação nos bairros Uruguaia, Rio Bonito, Sertão do Rio Bonito e União (Capitel)

Saúde Mental, álcool e outras drogas são debatidos em Audiência Pública

Encontro virtual reuniu entidades para debater os desafios e avanços das políticas públicas relacionadas ao tema

Dupla é condenada por homicídio qualificado e ocultação de cadáver em Criciúma

Segundo a denúncia, a vítima teria sido casada com o irmão do réu, que suicidou-se e a crença no suposto envolvimento da mulher nesta morte seria a motivação do crime