Segurança

Golpistas usam nome de prefeito de SC para pedir dinheiro

O número vem se passando pelo prefeito Ari Vequi (MDB) e pedindo quantias via PIX

Foto: Divulgação

Os golpes pelo Whatsapp tem sido cada vez mais comuns, e até o prefeito de Brusque, Ari Vequi (MDB), teve sua foto e seu nome usado por estelionatários.

O caso chegou até o prefeito da cidade no Vale do Itajaí após um conhecido alertá-lo que um número, com sua foto e se passando por ele, estava pedindo dinheiro para uma suposta ação social. Os golpistas chegaram a informar uma chave PIX para que o valor fosse transferido.

Vequi esclarece que nunca pediu nenhuma quantia e alerta a comunidade para redobrarem à atenção caso alguém use seu nome e foto nas redes sociais.

Uma fotografia antiga é utilizada no perfil falso. Até onde foi apurado, não se trata de clonagem de telefone, mas sim de um número novo que vem se passando pelo prefeito.

O que fazer

A Polícia Civil de Santa Catarina divulgou alguns cuidados para não ter a conta do Whatsapp clonada e evitar cair em golpes.

O que fazer caso a sua conta seja clonada?

  • Registre um Boletim de Ocorrência junto à Polícia Civil;
  • Comunique seus contatos, familiares e amigos;
  • Caso alguma pessoa tenha feito transferência, comunique a instituição bancária;
  • Envie e-mail para [email protected] solicitando a desativação da conta, caso tenha sido clonada;
  • Recupere o WhatsApp e faça a autenticação em dois fatores, caso tenha sido clonada.

Como evitar?

  • Cuidado! Na maioria das vezes, o golpe ocorre após anúncios em plataformas online de compra e venda ou em redes sociais;
  • Não repasse para terceiros códigos enviados por mensagem;
  • Fique atento com dados conflitantes nas mensagens recebidas;
  • Habilite a verificação em duas etapas ajustes-conta.

Notícias Relacionadas

Sorteio de R$ 30 mil em dinheiro aumenta procura por compras no Feirão Roluza

Mais de 100 mil cupons já foram preenchidos por clientes que participam da promoção Natal Premiado. Sorteio acontece no domingo (24).

Levantamento mostra que 45% dos beneficiários do PIS/PASEP vão usar dinheiro extra para pagar dívidas em atraso

Para SPC Brasil, medida é importante para que o cidadão consiga sanar pendências e recuperar crédito no mercado. Cerca de14% dos brasileiros ainda não sabem se têm direito ao benefício

Assaltantes de entregadores de lanches são presos em Orleans

Criminosos ligavam para o estabelecimento, realizavam o pedido e na hora da entrega levavam o dinheiro, o lanche e, até as motocicletas.

Governo de Lauro Müller injeta R$ 5,3 milhões na economia local com pagamentos finais de 2018

Com encargos, o montante a ser pago chega a R$ 7,2 milhões