Geral

Governador assina autorização para asfaltamento da rodovia Jacob Westrup entre Maracajá e Forquilhinha

A pavimentação da rodovia Jacob Westrup é uma demanda de mais de 30 anos da comunidade

Divulgação/Secom

Mais um importante passo para a pavimentação da rodovia Jacob Westrup foi dado na manhã desta quinta-feira, 23. Em um ato na Casa D´Agronômica, o governador Carlos Moisés assinou um termo de cooperação para que as prefeituras de Maracajá e Forquilhinha possam fazer a intervenção na rodovia SC-446. Por meio de um convênio assinado pelo Governo do Estado, serão repassados aproximadamente R$ 13,4 milhões para as prefeituras realizarem a pavimentação de um trecho de 8,2 quilômetros. A primeira parcela dos convênios já foi repassada aos prefeitos no mês de junho.

O governador Carlos Moisés destacou a articulação do deputado estadual Rodrigo Minotto para que a obra pudesse ser iniciada. A pavimentação da rodovia Jacob Westrup é uma demanda de mais de 30 anos da comunidade do Sul do Estado, e o governador fez questão de destacar o papel que ela terá no desenvolvimento da região.

“Essa é uma rodovia que não atende apenas a esses dois municípios, mas a todo o Sul. Esse é um compromisso que nós assumimos com os prefeitos e os deputados, que nos trouxeram essa demanda. Queremos estar presentes no lançamento da ordem de serviço e desejamos que essa obra beneficie, de fato, àquela população”, afirmou Moisés.

O deputado Rodrigo Minotto lembrou a luta de décadas das lideranças do Sul do Estado para a pavimentação deste trecho. Ele relata que desde o seu primeiro mandato vinha solicitando a pavimentação ao Governo do Estado e que apenas a partir de 2019 contou com a colaboração da administração estadual.

“Agora, com o apoio do governador Carlos Moisés, nós tivemos a felicidade de poder participar desse ato que dá a autorização para que os municípios executem os trabalhos. Tenho certeza que essa pavimentação trará um desenvolvimento socioeconômico muito importante, além do turismo que irá se fortalecer na região de Forquilhinha, Nova Veneza, assim como Siderópolis”, destacou Minotto.

O deputado Zé Milton também reforçou a relevância da pavimentação para o crescimento da região. “É uma conquista histórica para o Sul de Santa Catarina. A rodovia interliga frigoríficos e outros negócios à BR-101 e vai se transformar em um canal de desenvolvimento econômico e de transformação social do Sul do estado”, pontuou.

O secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, Thiago Vieira, ressaltou que a pavimentação será realizada com recursos próprios, frutos do esforço de gestão da administração estadual. Ele lembrou ainda do apoio que as prefeituras darão para realizar a empreitada. “Essa obra estava orçada em mais de R$ 20 milhões. Com o apoio de todos, conseguimos trazer esse valor para R$ 13,4 milhões. O asfaltamento criará um importante corredor entre a Serra e a BR-101”, falou Vieira.

O prefeito de Maracajá, Arlindo Rocha, afirmou que a solução encontrada pelo Governo do Estado para a realização da obra, por meio de uma parceria com os municípios, poderá ser utilizada em outros projetos da administração estadual. Ele opina que os convênios resultaram no barateamento da pavimentação.

“Esse asfaltamento é um sonho de várias gerações. Daí vem a nossa gratidão e a nossa compreensão em fazer o ajuntamento das forças municipais e também do Estado para a realização dessa tão sonhada obra”, afirmou.

Por sua vez, o prefeito de Forquilhinha, Dimas Kammer, agradeceu a todos que se empenharam ao longo dos últimos para fazer a obra sair do papel. “Teremos um novo corredor de desenvolvimento para a nossa região, que ajudará também no escoamento da produção agrícola. Fica nosso agradecimento a todos que ajudaram para chegarmos a esse momento”.

A expectativa é que a pavimentação seja concluída até dezembro de 2021. O convênio com a prefeitura de Maracajá é no valor de R$ 4,04 milhões, com uma contrapartida de R$ 510 mil do município. Forquilhinha receberá R$ R$, 9,32 milhões e dará uma contrapartida de R$ 3,3 milhões. O chefe interino da Casa Civil, Juliano Chiodelli, acompanhou o ato na Casa D´Agronômica.

Notícias Relacionadas

Coronavírus em SC: Governador lista doações recebidas e agradece generosidade dos catarinenses em meio à pandemia

As doações incluem itens de higiene e equipamentos de proteção individual (EPIs) para os profissionais que atuam na linha de frente no combate à Covid-19.

Prefeito de Nova Veneza assina decreto de formação da Comissão de Acompanhamento, Controle, Prevenção e Monitoramento ao Coronavírus

Nova Veneza não tem casos confirmados da doença, apenas pessoas em isolamento domiciliar que já foram acompanhados, mas devem permanecer em quarentena pois chegaram de viagem.

Coronavírus em SC: Governador planeja retomada gradativa da atividade econômica e projeta 713 novos leitos de UTI

O objetivo é adequar as medidas de isolamento à necessidade dos catarinenses com segurança.

Em Laguna, governador autoriza emissário terrestre para a praia do Mar Grosso e libera recursos para hospital

A projeção da Casan é que o empreendimento fique pronto em janeiro de 2020. O emissário é uma rede de 2.718 metros de extensão e diâmetro de 315 milímetros, com tubos de polietileno.