Geral

Governador destaca avanços de SC para retomada econômica em evento do Lide

Carlos Moisés também destacou que a gestão eficiente das contas permitiu ao Governo do Estado criar reservas para investir.

Divulgação

O governador Carlos Moisés participou nesta segunda-feira, 15, do segundo encontro do movimento É Hora de Acelerar, do Lide SC – Grupo de Líderes Empresariais -, em Florianópolis. Durante sua apresentação para o grupo de empresários, lideranças políticas e institucionais de Santa Catarina, o chefe do Executivo apresentou números positivos da gestão estadual e indicadores da retomada do movimento econômico do Estado.

“Neste período à frente do Governo do Estado, nós focamos em fazer o que é certo, cortar gastos extras e entregar aos catarinenses uma gestão mais enxuta. Estamos investindo em infraestrutura e criando políticas de fomento para que os empresários possam gerar desenvolvimento, emprego e renda no Estado”, afirmou Carlos Moisés. O governador destacou que, quando assumiu a gestão estadual, a projeção era de R$ 2,5 bilhões em deficit em 2019. Com revisão de contratos e cortes de gastos, esse número foi revertido e, em 2020, as contas estaduais fecharam com um superavit orçamentário de R$ 1,86 bilhão, o maior da história.

Carlos Moisés também destacou que a gestão eficiente das contas permitiu ao Governo do Estado criar reservas para investir. Até 2022, a projeção é que R$ 10 bilhões em recursos dos catarinenses sejam aplicados em infraestrutura, saneamento e políticas de financiamento para micro, pequenas e médias empresas.

O governador ainda destacou que, apesar dos desafios da pandemia, Santa Catarina foi o Estado que mais gerou empregos no Brasil, com 53 mil vagas criadas. Isso com uma gestão que também teve bons resultados na saúde. O equilíbrio entre desenvolvimento econômico e cuidado com as vidas permitiu ao Estado manter a mais baixa taxa de letalidade de coronavírus no país — 1,1%.

Aceleração econômica

Durante a abertura do encontro, o presidente do Lide-SC, Delton Batista, destacou o legado dos pioneiros colonizadores de Santa Catarina para a construção de uma economia forte e diversificada, que é referência no agronegócio, na indústria e na tecnologia. “Superar a crise e retomar a economia nos patamares que estavam antes não basta. Precisamos acelerar, buscar inspiração nos colonizadores do passado e avançar”, afirmou. Wilfredo Gomes, presidente do conselho do Lide-SC, também saudou os presentes.

O evento teve ainda palestra do jornalista da CNN Caio Copolla, sobre retomada da economia. O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, o secretário de Estado da Administração, Jorge Eduardo Tasca, o chefe adjunto da Casa Civil, Juliano Chiodelli, e a deputada estadual Paulinha também estiveram presentes no evento.

Notícias Relacionadas

Idosos de São Ludgero com 81 e 82 anos recebem a primeira dose da vacina contra Covid-19

Acidente de trânsito fatal é registrado em Braço do Norte

O corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal

Polícia Civil de SC realiza operação de combate à violência contra mulher em conjunto com Ministério da Justiça

Nesta segunda-feira (8), serão realizadas fiscalizações de medidas protetivas pelo Estado com as vítimas

Hemosc reforça necessidade da doação para repor estoques de sangue

Nesta semana, estão em situação de nível reduzido o tipo sanguíneo O+, e, em nível de alerta, o que é bastante preocupante, os tipos O- e A+. Os estoques reduziram em torno de 50%