Geral

Governadora Daniela Reinehr anula ato administrativo que concedeu verba remuneratória de equivalência aos procuradores do Estado

O documento determina que a Secretaria de Estado da Administração tome as devidas providências para a instauração da tomada de contas especial, na forma da legislação vigente.

Divulgação

Conforme Ato Administrativo de Anulação nº 1844/2020, publicado na edição extra do Diário Oficial do Estado desta terça-feira, 24, a governadora Daniela Reinehr anulou o ato constante no Processo Administrativo PGE nº 4421/2019, que concedeu a verba remuneratória de equivalência aos procuradores do Estado, em relação à remuneração dos procuradores do Poder Legislativo. O documento determina que a Secretaria de Estado da Administração tome as devidas providências para a instauração da tomada de contas especial, na forma da legislação vigente.

A decisão leva em conta o ofício TCE/SC/GAP/180/2020, de 21 de janeiro de 2020, do Tribunal de Contas do Estado, que apontou irregularidades no ato de concessão da verba remuneratória de equivalência dos procuradores do Estado de Santa Catarina.

De acordo com a governadora, na época só tomou conhecimento acerca da comunicação do referido Ofício do Tribunal de Contas depois de encerrada sua interinidade à frente do Governo. Já na condição de titular do Poder Executivo, afirma que seguirá as determinações do Tribunal de Contas do Estado, valendo-se do poder de autotutela em anular atos administrativos, nos termos do art. 53 da Lei n° 9.784/1999, nos moldes da Súmula nº 473, do Supremo Tribunal Federal.

Notícias Relacionadas

Homem usa uniforme da PM para se passar por policial em SC

Ele foi preso pela Polícia Rodoviária Federal na BR-101

Arquivo Público de SC terá acervo digital de certidões de nascimentos, casamentos e óbitos

O acervo digital vai contar com mais de nove mil volumes de certidões de nascimento, casamento e óbito de cartórios catarinenses, do período de 1918 a 1989

Santa Catarina tem saldo de mais de 115 mil empresas abertas em 2020

Em 2020, o saldo de abertura foi de 115.074 novos empreendimentos, resultado 19% maior em relação ao mesmo período de 2019, que apresentou um saldo de 96.509 empresas

Projeto da UniSatc prevê energia fotovoltaica em escola de Criciúma

Projeto realizado em parceria com a prefeitura já foi elaborado e está em fase de aprovação