Geral

Governadora leva demandas de Santa Catarina ao ministro da Saúde

Além da Saúde, a governadora também teve audiências com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, que garantiu a continuidade das obras nas rodovias federais de Santa Catarina

Divulgação

A governadora Daniela Reinehr repassou as demandas catarinenses para o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, durante uma audiência no fim da tarde desta quinta-feira, 15, em Brasília. Ao lado da secretária de Estado da Saúde, Carmen Zanotto, a chefe do Executivo estadual confirmou a chegada de mais 229,2 mil doses de vacina para Santa Catarina ainda nesta noite, solicitou a habilitação de leitos de UTI já ativos e mantidos pelo Estado e o envio de medicamentos do chamado kit intubação.

Além da Saúde, a governadora também teve audiências com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, que garantiu a continuidade das obras nas rodovias federais de Santa Catarina, e com o secretário Especial de Cultura, Mário Frias, para tratar de medidas de auxílio ao setor de eventos, um dos mais atingidos pela pandemia de Covid-19.

Na saída do Ministério da Saúde, Daniela Reinehr fez um balanço positivo da conversa com Queiroga, que se comprometeu a fazer uma análise criteriosa dos pleitos apresentados pelo Governo de Santa Catarina.

“Viemos com o intuito de aglutinar os nossos esforços em busca de uma convergência das ações entre o Governo Federal, o Governo do Estado e os nossos municípios para suprir todos os desafios que o atual momento nos impõe. O ministro foi bastante sensível às nossas reivindicações e é assim que nós queremos trabalhar, em formato de parceria”, afirmou a governadora, que também solicitou apoio federal para a manutenção do tratamento de AVCs no Hospital Regional do Oeste, em Chapecó, hoje mantido pela iniciativa privada.

Queiroga agradeceu a governadora pela visita e salientou a força do povo catarinense durante o enfrentamento da pandemia de Covid-19. Sobre as demandas levadas por Daniela, o ministro afirmou que pediu agilidade no retorno:

“Já encaminhei as demandas para a área técnica, de modo que as respostas sejam dadas no espaço de tempo mais curto possível. Queremos que a governadora leve as políticas públicas que o Estado precisa. É necessário também agradecer à secretária Carmen, que foi uma deputada muito combativa, e hoje lidera a saúde pública de Santa Catarina”, disse Queiroga.

Kit intubação

Em entrevista após a reunião, Carmen Zanotto afirmou que expôs a preocupação com relação ao chamado kit intubação: “A boa notícia é que a compra que vinha sendo feita pela empresa Vale para doação ao Ministério da Saúde se concretizou e devemos receber esses medicamentos para ajudar os nossos hospitais filantrópicos e próprios, que estão atendendo os pacientes com Covid-19 e consomem esses insumos em grande volume”.

A secretária também contou ao ministro que ainda há profissionais de saúde que não foram vacinados e, por conta disso, ela solicitou remessas extras de imunizantes para zerar essa fila. Sobre os leitos de UTI ativos, Carmen Zanotto explicou que nem todos estão sendo custeados pela União, o que fez com que ela solicitasse o aporte financeiro.

Notícias Relacionadas

Sorteio da Mega-Sena deste sábado tem prêmio estimado em R$ 33 milhões

Apostas podem ser feitas até as 19h pela internet ou em lotéricas.

Começa a valer hoje nova política de privacidade do WhatsApp

Órgãos de defesa do consumidor apontam problemas nas novas regras.

Pesquisadores alertam para riscos de crianças expostas a telas

Na pandemia, essa exposição aumentou

Em três meses de operação, CCR ViaCosteira realiza mais de 11 mil atendimentos na BR-101 Sul

Equipes da Concessionária atenderam a mais de 120 ocorrências por dia no período