Saúde

Governadores da região Sul estabelecem grupo interestadual para alinhamento de ações e dados da Covid-19

O objetivo é a troca de informações por meio de boletins diários compartilhados entre os Estados, com detalhamento das ações adotadas, assim como dados sobre os leitos e internações

Divulgação

O governador Carlos Moisés participou de reunião com os governadores do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e do Paraná, Ratinho Junior, para debater a situação e as medidas adotadas no enfrentamento ao novo coronavírus na região Sul. A webconferência ocorreu na manhã desta terça-feira, 23. Durante o encontro, ficou definida a criação de um grupo interestadual com os secretários de Saúde e equipes dos três estados, que registram aumento significativo de casos da doença.

O objetivo é a troca de informações por meio de boletins diários compartilhados entre os Estados, com detalhamento das ações adotadas, assim como dados sobre os leitos e internações. Além disso, será enviado um documento ao ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, com as demandas e necessidades da região, como equipamentos, insumos, medicamentos, UTI Covid, vacinação, entre outras.

“Trocamos experiências sobre as ações de cada estado. Precisamos nos unir e adotar as melhores estratégias para conter o vírus e proteger a população. Santa Catarina tem a menor taxa de letalidade do país e teve destaque nacional como uma das melhores gestões diante da pandemia. Mas precisamos do apoio de todos para frear o aumento dos casos da Covid-19. O momento pede união e solidariedade”, destacou o governador Carlos Moisés.

Os governadores do Rio Grande do Sul e do Paraná também apresentaram os dados dos estados e a estrutura de saúde. Os dois chefes do Executivo, assim como o governador Carlos Moisés, destacaram a semelhança entre os três estados e reforçaram a necessidade da união de esforços. Em função desse perfil parecido de contágio e evolução da doença, os três governadores e secretários da Saúde resolveram constituir o grupo interestadual, além das ações implementadas pelo Conselho Nacional dos Secretários de Saúde (Conass).

O secretário da Saúde de Santa Catarina, André Motta Ribeiro, informou que o Estado está executando uma série de ações para encarar esse momento delicado da pandemia. Ele citou a implementação do Centro Integrado de Operações no Oeste e outras medidas adotadas em todas as regiões catarinenses.

“Buscamos qualificar o acesso à rede de saúde, entendendo a gravidade do paciente e qual atendimento necessita de imediato. Também estamos monitorando esses pacientes, para fazer uma rastreabilidade de contatos. Além de orientar fiscalizações e vigilância em parcerias com os municípios”, pontuou.

Também participaram da reunião virtual os secretários de Estado da Saúde do Rio Grande do Sul, Arita Bergmann, e do Paraná, Carlos Alberto Gebrim Preto, e o coordenador do Gabinete de dados Covid do RS, Luís Lamb.

Ainda nesta terça-feira, 23, o governador Carlos Moisés se reunirá, por meio de webconferência, com prefeitos e outras autoridades do Estado para tratar das ações de Governo e medidas para enfrentamento da Covid -19.

Notícias Relacionadas

Idosos de São Ludgero com 81 e 82 anos recebem a primeira dose da vacina contra Covid-19

Acidente de trânsito fatal é registrado em Braço do Norte

O corpo da vítima foi levado ao Instituto Médico Legal

Polícia Civil de SC realiza operação de combate à violência contra mulher em conjunto com Ministério da Justiça

Nesta segunda-feira (8), serão realizadas fiscalizações de medidas protetivas pelo Estado com as vítimas

Hemosc reforça necessidade da doação para repor estoques de sangue

Nesta semana, estão em situação de nível reduzido o tipo sanguíneo O+, e, em nível de alerta, o que é bastante preocupante, os tipos O- e A+. Os estoques reduziram em torno de 50%