Poder Executivo

Governo do Estado e Orleans fazem parceria para aquisição de conjunto de britagem

Equipamento irá produzir base de brita para conservação e pavimentação das estradas do município.

Governo do Estado e Orleans fazem parceria para aquisição de conjunto de britagem

Foto: Simone Costa / Comunicação Agência de Desenvolvimento Regional Criciúma

O Governo do Estado, por meio da Agência de Desenvolvimento Regional – ADR de Criciúma, e o município de Orleans, assinaram convênio para aquisição de um conjunto fixo de britagem, destinado à produção de base de brita que será utilizada na conservação, manutenção e pavimentação das estradas do município. O convênio, no valor de R$ 813 mil, foi assinado na sede da prefeitura de Orleans.

“É mais uma parceria importante que firmamos para auxiliar os municípios de nossa regional. Orleans terá um equipamento fundamental para conservação das vias e isso resultará em qualidade de vida para a população”, destacou o secretário executivo da Agência de Desenvolvimento Regional, João Fabris.

Orleans possui quase mil quilômetros de estradas e recentemente, junto com um consórcio de municípios da Regional de Criciúma, adquiriu uma usina de asfalto, o que deve facilitar ainda mais a pavimentação das vias. “O britador é uma reivindicação antiga e junto com a usina deverá levar asfalto mais barato para as comunidades e ajudar na transformação positiva que estamos implantando em nossa cidade”, afirmou o prefeito Jorge Koch.

Colaboração: Simone Costa / Comunicação Agência de Desenvolvimento Regional Criciúma

Notícias Relacionadas

Programação da Semana Mundial do Meio Ambiente convida à reflexão, em Orleans

Iniciam trabalhos de recuperação da rua que dá acesso a Pindotiba, em Orleans

Prefeitura de Orleans lança Limpa Fila e deve fazer mais de 3 mil procedimentos até dezembro

Programa foi lançado pelo secretário de Saúde de Orleans, Fernando de Fáveri nesta quarta-feira (30). Programa deve acelerar consultas, exames e pequenas cirurgias no município.

Comissão aprova nome de José Nei Ascari ao TCE