Geral

Governo do Estado edita decreto que prevê a obrigatoriedade do uso da norma culta da Língua Portuguesa

Na prática, o conteúdo não fará referência à linguagem do gênero neutro, inexistente na língua portuguesa e que apresenta contrariedade às regras gramaticais consolidadas no país

Divulgação

Atendendo à proposição da deputada estadual Ana Caroline Campagnolo, o Governo do Estado editou decreto que prevê a obrigatoriedade do uso da norma culta da Língua Portuguesa por instituições públicas e privadas de ensino e bancas examinadoras de concursos públicos. A assinatura foi realizada pelo governador Carlos Moisés na manhã desta terça-feira, 15, na Casa d´Agronômica, em Florianópolis.

Com a proposta, documentos escolares oficiais, provas, grade curricular, material didático, comunicados e editais de concursos não trarão novas formas de flexão de gênero e de número das palavras. Na prática, o conteúdo não fará referência à linguagem do gênero neutro, inexistente na língua portuguesa e que apresenta contrariedade às regras gramaticais consolidadas no país. A medida entra em vigor com a publicação no Diário Oficial do Estado (DOE) na noite desta terça-feira.

A deputada estadual Ana Caroline Campagnolo destaca que o uso da linguagem neutra criaria um terceiro gênero linguístico – além do feminino e masculino – e traria problemas de adaptação para crianças surdas e disléxicas em fase escolar, dificultando ainda mais o aprendizado.

“É muito importante para o Estado ser o pioneiro na defesa dos direitos dos alunos, porque é disso que se trata, direito de aprender a norma culta e como ela está estabelecida ao longo dos séculos”, pontuou a deputada.

O ato foi acompanhado pelo secretário da Educação, Luiz Fernando Vampiro.

Notícias Relacionadas

Delegado de Orleans Fernando Henrique Guzzi esclarece sobre caça ilegal e furto de gado na Câmara de Vereadores

A convite da vereadora Mirele Debiasi, o delegado esclareceu sobre estes crimes que têm sido registrados na zona rural da cidade.

Após recesso, vereadores retomam sessões na Câmara de Lauro Müller

Orleans Clube do Livro promoverá Feira Literária às cegas neste sábado

Mais de 100 títulos serão comercializados pelo valor de R$ 5, apresentando apenas um resumo, sem informações sobre o título, capa ou autor (a).

Içara vacina pessoas a partir de 32 anos nesta quarta e quinta-feira

A imunização contra a covid-19 acontece por ordem de chegada, enquanto houver doses disponíveis.