Saúde

Governo do Estado pactua 60 novos leitos em Florianópolis

Foram pactuados mais 60 leitos de UTI e clínicos para atendimento aos pacientes. O anúncio foi feito pelo secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro

Divulgação

O Governo do Estado reforça o trabalho de enfrentamento da Covid-19 em todas as regiões catarinenses. Na Grande Florianópolis, foram pactuados mais 60 leitos de UTI e clínicos para atendimento aos pacientes. O anúncio foi feito pelo secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, na manhã desta quinta-feira, 18, durante visita aos municípios de Santo Amaro da Imperatriz e Palhoça.

No Hospital São Francisco de Assis, em Santo Amaro da Imperatriz, foram pactuados 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 30 leitos clínicos, sendo oito de suporte ventilatório, para pacientes em tratamento da Covid-19. Durante a visita na unidade, o secretário informou que os leitos devem ser ativados em 10 dias. Já Palhoça, deve receber 20 leitos clínicos na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas, que será inaugurada na Praia do Sonho.

“Temos atuado, permanentemente, para viabilizar, ampliar os serviços e levar segurança em saúde à população. Sabemos que o momento é crítico e precisamos construir soluções e alternativas juntos, com a parceria dos municípios e hospitais. A solicitação do governador Moisés é de dedicação total. Temos ofertado recursos, garantido custeio, equipamentos e pactuado com unidades em todo estado”, destacou o secretário.

O diretor técnico do Hospital São Francisco de Assis, médico Fernão Bitencourt, disse que o momento é histórico para o município e região. “É uma demanda antiga, que agora se realiza. Neste momento tão delicado, essa medida se torna ainda mais fundamental. Vamos ofertar um atendimento com mais qualidade para população”, afirmou. Ele destacou que as equipes que irão atuar na UTI já estão contratadas e agradeceu a parceria do Estado para a estruturação da unidade.

“Este era um momento muito aguardado e que vai fazer toda diferença para Santo Amaro e toda região. São mais serviços em saúde que ajudam a salvar vidas”, pontuou o prefeito Ricardo Costa.

Acompanharam a visita o secretário adjunto da SES, Alexandre Fagundes, o vice-prefeito, Adailton Machado, o secretário municipal da Saúde, Dionísio Medeiros, o diretor do hospital, Flavio Esser, e servidores da unidade.

20 leitos em Palhoça

Na sequência, o secretário Motta Ribeiro esteve na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas, de Palhoça, que deve ser inaugurada e entrar em funcionamento na primeira quinzena de abril. O espaço na Praia do Sonho irá receber 20 leitos clínicos Covid-19, sendo dois de suporte ventilatório.

Para o prefeito Eduardo Freccia, é muito importante a conclusão da UPA e a pactuação dos leitos, pois vai atender a população de Palhoça, ajudando a desafogar a estrutura da Grande Florianópolis. “É um grande ganho para a saúde. Nosso foco é oferecer os melhores serviços para população”, afirmou.

Além do secretário adjunto da SES, Alexandre Fagundes, acompanharam a visita o secretário municipal de saúde, Rosiney Horácio, e equipe técnica.

Notícias Relacionadas

Casa do Empreendedor nos bairros ocorre nesta quarta-feira no distrito do Rio Maina

Localidade é a primeira a receber a ação. A iniciativa visa aproximar os moradores dos serviços do órgão municipal

São Ludgero divide o 3º lugar com Criciúma na 42ª Taça Ouro de Bocha Rafa Vollo Masculino

As quatro primeiras equipes carimbaram passaporte para disputar a Taça Brasil de Clubes

Saúde investirá R$ 14 milhões para qualificar atendimentos de urgência

Governo cria programa SOS de Ponta

Carreta caí de viaduto após colidir contra carro, na BR-101 em SC

Acidente ocorreu por volta das 4h40 desta segunda-feira, em Penha. Motorista do caminhão e o condutor do carro sofreram lesões leves.