Geral

Governo do Estado recebe adido cultural da Argentina e articula parcerias internacionais

A visita teve o objetivo de colaborar com as atividades de promoção previstas para 2021

Divulgação

O adido cultural da Embaixada da Argentina em Brasília, Juan Carlos D´Amico, esteve em Florianópolis nesta segunda-feira, 7, para conhecer os principais setores da cultura do Estado. Recepcionado pela secretária executiva de Assuntos Internacionais do Governo de SC, Daniella Abreu, a visita teve o objetivo de colaborar com as atividades de promoção previstas para 2021, dando continuidade às tratativas da visita oficial do embaixador Daniel Scioli, no último mês.

Juan Carlos agradeceu a colaboração do governo catarinense. “Queremos partilhar com Santa Catarina a cultura do nosso país, com teatro, música, mostras, fotografias e cines, especialmente em um de nossos projetos, em que cada consulado no Brasil apresentará filmes argentinos junto com obras de teatro”, destacou o adido cultural, que também esteve acompanhado do cônsul adjunto da Argentina em Florianópolis, Lisandro Parra.

Para a secretária Daniella Abreu, a importância da embaixada em participar dessas tratativas é justamente para que se valide as iniciativas locais. “Assim, avançarmos no trabalho para chegar aos pontos que se precisa do governo federal para concordância nacional e, desse modo, possamos ter força para trabalhar no âmbito do Estado.”

Segundo ela, a Secretaria Executiva de Assuntos Internacionais tem um papel fundamental na promoção da cultura do Estado no exterior. “E da mesma forma, a função de trabalhar em colaborações e parcerias internacionais para trazer arte, música, cinema e cultura estrangeiras, de qualidade, aos catarinenses.”

Parceria com a FCC

Na Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Juan Carlos D´Amico, Lisandro Parra e Daniella Abreu se reuniram com a presidente, Ana Lúcia Coutinho, que destacou a importância da visita e o interesse da Argentina no intercâmbio cultural com Santa Catarina. “Estamos abertos para ampliar esses conhecimentos e toda a nossa conversa com a área cultural com o Mercosul, incluindo a Argentina. A cultura catarinense é bastante rica e será importante fazermos essa troca de experiências.”

O adido cultural conheceu as instalações da Fundação, além do complexo cultural do Centro Integrado de Cultura (CIC), que compreende o Teatro Ademir Rosa, o Museu de Arte de Santa Catarina (Masc), o Museu de Imagem e Som (MIS), as Oficinas de Arte, a Escolinha de Artes, o Espaço Cultural Lindolf Bell e a Biblioteca de Arte & Cultura.

Fundação Badesc

O adido cultural da Embaixada da Argentina também acompanhou a secretária executiva de Assuntos Internacionais em visita à Fundação Cultural Badesc. Com o diretor-geral da Fundação, Eneléo Alcides, alinhou a possibilidade conjunta de organizar mostras de fotografias de artistas catarinenses e argentinos, podendo promover a circulação dessas peças.

No Badesc, ainda participaram de reunião virtual entre autoridades do Ministério da Educação de Misiones e a Secretaria de Estado da Educação, em que foram acordos bilaterais para linhas de fronteiras.

Notícias Relacionadas

Transmissão de variante brasileira da Covid-19 é identificada em SC, diz UFSC

Após suspeita surgir na última semana, variante foi detectada em três pessoas no Estado; amostras serão enviadas à Fiocruz para parecer oficial

Senado aprova em segundo turno PEC Emergencial

Texto que garante parcelas do auxílio emergencial segue para Câmara

Carro fica destruído após bater em árvore na Beira-mar Norte, em Florianópolis

Motor foi jogado a 60 metros do veículo; condutor estava consciente, sem ferimentos aparentes

Forquilhinha inicia oficinas profissionalizantes visando encaminhar as participantes ao mercado de trabalho