Geral

Governo do Município apresenta Projeto de Gestão Territorial para Lauro Müller

O Governo do Município realizou na noite dessa sexta-feira (8) a apresentação técnica do Projeto de Gestão Territorial.

Foto: Divulgação

Com o objetivo de organizar o município de Lauro Müller, visando seu desenvolvimento de forma cada vez mais planejada, o Governo do Município realizou na noite dessa sexta-feira (8) a apresentação técnica do Projeto de Gestão Territorial.

O assunto começou a ser debatido pelo atual Governo já em 2017. O projeto proposto prevê a realização de uma série de atualizações e serviços como, a ampliação do perímetro urbano, zoneamento de áreas do município, estudo socioambiental, atualização do Plano Diretor, além dos códigos de Obras e Postura do município, que há muitos anos estão defasados, tendo em vista que foram criados em 1978.

Nesta sexta, a equipe técnica da Unesc realizou a explanação no auditório do Paço Municipal, onde compareceram vereadores do município, lideranças de bairros e membros do Conselho da Cidade. Entre os integrantes da equipe da Unesc estava o vice—reitor, Daniel Ribeiro Preve. Na oportunidade, foi realizada a explanação detalhada do que deverá ser realizado no município. O engenheiro agrimensor, João Paulo Casagrande, respondeu a todos os questionamentos dos presentes e esclareceu sobre as vantagens de o município realizar este trabalho. Um fator importante, deixado claro no encontro, foi sobre as atualizações e mudanças na legislação que só serão realizadas após uma ampla discussão com a sociedade e posteriormente análise por parte do Poder Legislativo.

O encontro foi aberto pelo prefeito licenciado Valdir Fontanella, ao lado do prefeito em exercício, Pedro Barp Rodrigues, e da secretária municipal de Administração, Ana Rúbia Prestes Cesconetto, além de outros profissionais do Governo do Município.

Foto: Divulgação / Prefeitura de Lauro Müller

Conforme a secretária Ana Rúbia, o município fez avaliação de preços para realizar este trabalho com outras instituições e empresas, porém a Unesc foi quem apresentou melhor proposta. “São alterações necessárias para que Lauro Müller seja um município atualizado e organizado, propiciando assim um desenvolvimento cada vez maior”, registrou Ana Rúbia.

O prefeito Valdir falou da importância de o município se atualizar para que cresça de forma organizada. “Este projeto vai contemplar uma série de melhorias para o nosso município. Acredito que só cresce quem está organizado. E é por isso que estamos propondo este projeto que vai beneficiar nossa população e muitas famílias que hoje sofrem por não poderem fazer os registros de seus terrenos”, defendeu o prefeito.

Fontanella disse ainda que o município não detém de recursos para esse projeto, por isso a proposta é para que seja financiado a quantia de R$ 1,1 milhão que permitiria a realização deste importante trabalho. O projeto, que permite o financiamento deste recurso, deverá ser encaminhado ao Poder Legislativo nos próximos dias. Esta é a segunda vez que este projeto retorna à Casa. Em 2018, o mesmo projeto foi rejeitado por 5 votos a 4, gerando indignação em muitos moradores que aguardavam e execução deste trabalho para que pudessem registrar de forma oficial seus imóveis.

Colaboração: Comunicação Prefeitura de Lauro Müller

Notícias Relacionadas

Ótica lança projeto social pioneiro em Orleans

“Olhar nota 10” consiste em realizar uma triagem de acuidade visual nas escolas do município.

Equipamento inédito que identifica dor e produzido com apoio do Governo de SC é apresentado em Brasília

Através de um software e tecnologia avançada, o ReitzScan identifica, avalia e quantifica a dor em três estágios: suave, moderada ou severa.

Vereadores defendem implantação de programa que troca lixo reciclável por comida em Cocal do Sul

Vereadores Richardson Vieira (PDT) e Giovana Galato Santa Rosa (PP) apresentaram proposta em sessão legislativa. Cidadão receberia R$ 0,50 em alimentos por quilo de material entregue.

Com projeto em mãos, Braço do Norte busca recursos para construção de ponte

Ponte para passagem de veículos ligará o centro do município com bairro Lado da União. Obra está orçada em R$ 4,3 milhões.