Geral

Grupo de Içara define as primeiras ações no combate à violência contra as mulheres

Será realizado um levantamento dos números e tipo de violência mais frequente sofrida pelas mulheres.

Foto: Divulgação

O grupo de trabalho destinado a discutir ações de combate à violência contra as mulheres em Içara definiu em encontro nesta quinta-feira, na Câmara Municipal, quais serão os primeiros procedimentos de atuação para desenvolver políticas públicas para as mulheres. Será realizado um levantamento dos números e tipo de violência mais frequente sofrida pelas mulheres; agendar reunião com o Poder Judiciário, visitar a cidade de Braço do Norte (SC), para conhecer o consórcio que os municípios formalizaram para a Casa Abrigo; elaboração de projetos de lei e campanhas contra a violência.

Para a vereadora Edna Benedet da Silva as informações serão importantes para orientar os trabalhos do grupo. “Mas todo esse trabalho só vai se concretizar se o Legislativo, Judiciário, Executivo, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher (CMDM) e Polícia Militar e Civil estiveram juntos nesta luta”, informou Benedet.

Segundo a vereadora Silvia Mendes a visita a Braço do Norte será importante para conhecer o projeto implantado naquele município. “É uma medida que contribui em muito no enfrentamento da violência contra a mulher, será importante está visita para conhecermos o projeto e sua viabilidade. Assim como a coleta de dados fundamental para depois levarmos informações as entidades”, finalizou Mendes.

Colaboração: Comunicação Câmara de Içara 

Notícias Relacionadas

Adeus vício: participantes do grupo de Tratamento do Tabagismo de Siderópolis recebem certificados

Esse grupo foi o primeiro realizado nesse ano. O segundo grupo já está com inscrições abertas.

Setembro Amarelo: ações de valorização da vida e prevenção ao suicídio são realizadas em Lauro Müller

O tema é considerado um problema de saúde pública e mata um brasileiro a cada 45 minutos e uma pessoa a cada 45 segundos em todo mundo.

Coopercocal realiza encerramento do grupo Mulheres Artesãs

Curso atingiu 47 participantes divididas em quatro turmas. Mais vagas do projeto “Mulheres Artesãs serão oferecidas no próximo ano.

Ações na Educação beneficiam os estudantes de São Joaquim

O Governo do Estado garantiu mais de um milhão e 400 mil reais para o transporte escolar